‘PSDB passa por crise de identidade’, analisa Joel Pinheiro

  • Por Jovem Pan
  • 28/10/2018 13h42 - Atualizado em 28/10/2018 13h43
FáTIMA MEIRA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO Geraldo Alckmin de terno azul e cabisbaixo "Tem que decidir o que é o PSDB. Uma pergunta que deveria ter sido respondida antes e que explica um pouco a dificuldade eleitoral dele no plano nacional, tantas vezes tentou emplacar um candidato à Presidência e não conseguiu", analisou Joel

O comentarista da Jovem Pan Joel Pinheiro fez uma análise sobre o futuro do PSDB, que viu, nessas eleições, a diminuição das cadeiras no Congresso e mais uma derrota na corrida pelo Planalto. De acordo com ele, o partido “passa por crise de identidade”, já que “perdeu seu lugar natural de oposição ao PT à direita”.

“Tem que decidir o que é o PSDB. Uma pergunta que deveria ter sido respondida antes e que explica um pouco a dificuldade eleitoral dele no plano nacional, tantas vezes tentou emplacar um candidato à Presidência e não conseguiu. O que o PSDB representa de valores, a campanha do Geraldo Alckmin bateu, e bateu com razão muitas vezes, com bons argumentos, tanto no Bolsonaro quanto no PT, mas falhou miseravelmente em apresentar qual é a alternativa a eles, o que está sendo apresentado ali como valor com o qual a população possa se conectar, afirmou Joel.

Para ele, agora, a eleição ao governo de SP pode apontar Doria como a “nova cara do PSDB”. “O Doria, ele não tem nada a ver com o que é o PSDB clássico, mas o PSDB clássico está em tal grau de decomposição eleitoral, que se o Doria leva SP, ele, na prática, vai ter o cacife para mandar no PSDB e dar nova cara ao PSDB. E o Doria, goste ou não, traz um grupo de valores, algo que ele simboliza, de forma assertiva como proposta para a população”, opinou.

Assista abaixo: