Cabral pede desculpas ao filho pelos ‘erros que cometeu’ em carta redigida da prisão

  • Por Jovem Pan
  • 17/09/2018 15h26
Reprodução Facebook "Filho, desculpe pelos meus erros", escreve Cabral ao filho candidato a deputado federal pelo Rio de Janeiro

O ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, escreveu uma carta ao filho, o deputado federal e candidato à reeleição pelo mesmo estado, Marco Antônio Cabral, em que pede desculpas pelos erros que cometeu e diz que o filho “não merece” pagar por eles.

“Você fez um lindo mandato e merece a reeleição. Quem errou foi eu. E a população do Rio sabe disso. Você aprendeu com os erros do seu pai e tem a sua vida pública própria. Filho, desculpe pelos meus erros. Que Deus te proteja e te guie”, escreve Cabral na carta.

Ele afirma ainda que “há quase dois anos se encontra preso” e, se depender da justiça, deverá cumprir pelo menos mais 100 anos – tendo sido condenado por corrupção, lavagem de dinheiro e outros crimes investigados pela Operação Lava Jato.

O ex-governador cita ainda o nascimento do neto “Marquinho” e afirma que, junto com a defesa, está lutando para não ser punido pelo o que não fez e “assumir os erros” pelo o que “infelizmente” cometeu. “A fé em Deus e o amor de nossa família tem sido as bases para superar e enfrentar a privação da liberdade”.

No pleito deste ano, os articuladores da campanha de Marco Antônio tem enfrentado a dificuldade de desvincular o nome do deputado aos escândalos envolvendo o pai.

A carta foi publicada na íntegra pelo o deputado e é datada de 7 de setembro. Confira:

View this post on Instagram

“Marco Antônio, meu amado filho. A vida nos proporciona momentos de alegria e de dor. Há quase dois anos me encontro preso. A fé em Deus e o amor de nossa família tem sido as bases para superar e enfrentar a privação da liberdade. Mas a vida é uma benção. Nos altos e baixos devemos refletir sobre nossos erros e acertos. Na justiça luto com a minha defesa para não ser punido pelo que não fiz e assumir os erros que, infelizmente, cometi. Mas a vida é bela. E você, em março desse ano, junto com a Jessica, me deram o maior presente que um ser humano pode obter: um neto! O meu lindo Marquinho! Marco Antônio, Você não merece pagar pelos meus erros. Você fez um lindo mandato e merece a reeleição. Quem errou fui eu. E a população do Rio sabe disso. Você aprendeu com os erros do seu pai e tem a sua vida pública própria. Carrega consigo a sensibilidade com os mais humildes e que mais precisam da presença do poder público. Apresentou projetos de lei de enorme alcance social. Filho, desculpe pelos meus erros. Que Deus te proteja e te guie. Te amo muito. Sérgio Cabral.” 07/09/2018

A post shared by Marco Antônio Cabral (@marcoantoniocabral) on