Candidatos do PSL posam após quebrar placa com o nome de Marielle Franco

  • Por Jovem Pan
  • 03/10/2018 20h40 - Atualizado em 03/10/2018 20h42
Reprodução/FacebookFoto foi compartilhada por um deles na web

Uma foto controversa de dois candidatos a deputado pelo PSL – e apoiadores do presidenciável Jair Bolsonaro – viralizou nas redes sociais nesta quarta-feira (3). A imagem mostra os homens sorrindo e posando após quebrarem uma placa de rua que levava o nome de Marielle Franco, vereadora do PSOL assassinada no Rio de Janeiro.

O registro foi publicado na segunda-feira (1°) na página do Facebook de um desses homens, Rodrigo Amorim, candidato a deputado estadual pelo Rio. O que posa ao lado dele é Daniel Silveira, candidato a deputado federal pelo mesmo estado. A foto caiu nas redes após ser republicada pelo escritor Gregório Duvivier.

“Não tem a ver com qual partido você gosta. Não tem a ver com onde você mora. Ou quanto você ganha. Tem a ver com a humanidade que tem dentro de você. O quão desumano você consegue ser? Quanta desumanidade é preciso pra tirar essa foto? E curtir? Até hoje não sabemos quem matou Marielle. Mas sabemos que, de todos os candidatos, apenas 1 não manifestou seu pesar. Claro. Olha essa foto. Por favor, pessoal. Um pouco de humanidade. Só um pouquinho”, escreveu Duvivier, fazendo referência a Bolsonaro.

Até o momento, o PSL não se pronunciou sobre o caso.

Publicado por Rodrigo Amorim Estadual 17777 RJ em Segunda, 1 de outubro de 2018