Romário lidera intenções de votos no Rio, diz Paraná Pesquisas

  • Por Jovem Pan
  • 20/07/2018 10h50
Reprodução/Site Oficial/Agência SenadoRomário lidera com cerca de um quarto das intenções de voto, sendo que três a cada dez fluminenses ainda não têm candidato entre os nomes apresentados

O senador e ex-jogador Romário (Podemos) lidera as pesquisas de intenção de voto para governador do Rio de Janeiro, revela o Instituto Paraná Pesquisas nesta sexta-feira (20).

Romário é seguido pelo ex-prefeito da capital Eduardo Paes (DEM), que está em empate técnico com o ex-governador Anthony Garotinho (PRP), que já foi condenado e preso pela Justiça Eleitoral, no cenário em que este aparece.

Logo atrás vem o deputado Índio da Costa (PSD), que vai de 7,2% a 9% das intenções de voto, seguido por pré-candidatos que não conseguiram alcançar 5% da preferência do eleitorado: Tarcísio Motta (PSOL), Pedro Fernandes (PDT), Marcia Tiburi (PT), Marcelo Trindade (Novo), Wilson Witzel (PSC), Marcelo Delaroli (PR), Rubem César Fernandes (PPS) e Leonardo Giordano (PCdoB).

Nos três cenários apontados pelo Instituto Paraná, os que dizem que não votarão em nenhum dos nomes apresentados somam de 21,3% a 25,3% dos eleitores, ou seja, cerca de um quarto dos entrevistados. Somados aos que dizem não saber em quem votar (cerca de 5% em cada cenário), três a cada dez fluminenses não possuem candidato.

Foram entrevistados pelo Paraná Pesquisas 1860 eleitores de 46 cidades do Rio entre 14 e 19 de julho. O levantamento tem e um nível de confiança de 95,0% para uma margem estimada de erro de aproximadamente 2,5%.

O levantamento também estimou a avaliação do atual governador, Luiz Fernando Pezão (MDB), e mostrou que a gestão do Estado fluminense é desaprovada por quase 9 entre 10 eleitores (veja mais detalhes ao final do texto), índice semelhante à da desaprovação do presidente Michel Temer nas recentes pesquisas.

Veja o resumo dos dados da pesquisa no Jornal da Manhã com o comentário de Marco Antonio Villa:

Cenário 1 – com Garotinho

No primeiro cenário, Romário lidera com 24,3% das intenções de voto, seguido por Paes (15,1%), Garotinho (13,5) e Índio (7,2%). Veja a intenção de todos os candidatos, também por faixa social:

Cenário 1 Instituto Paraná Pesquisas – governo do Rio de Janeiro (Reprodução/Instituto Paraná Pesquisas)

Cenário 2 – sem Garotinho

Sem Garotinho no páreo, Romário segue liderando com 27,9%, seguido de Paes (18%) e Índio (8,5%). Veja:

Cenário 2 de intenções de voto para o governo do Rio de Janeiro (Instituto Paraná Pesquisas)

Cenário 3

No terceiro cenário registrado pelo Instituto Paraná, com menos opções, Romário lidera com 28,5% das intenções, seguido por Paes (18,7%) e Índio (9%). Não querem nenhum deles 25,3% dos entrevistados, o maior índice dos três cenários. Veja:

Cenário 3 de intenções de votos no Rio de Janeiro (Instituto Paraná Pesquisas)

Rejeição e certeza

Romário tem a maior taxa de votos certos (os que dizem ter certeza de que votarão nele), com 14,4% dos entrevistados e a menor rejeição (os que dizem que não votarão “de jeito nenhum” no candidato), de 47,6%. Romário é o único, dos principais nomes, que tem rejeição abaixo dos 50%, embora muito próxima ao índice.

Garotinho tem a maior rejeição, de 73,5% dos fluminenses, seguido por Paes (62%), Índio (57,2% de rejeição) e Tarcísio Motta (57,1%).

Veja o gráfico com os índices dos que votariam “com certeza” no pré-candidato, os que “poderiam” votar nele, os que não votariam “de jeito nenhum” e os que “não conhecem o suficiente para opinar”.

Rejeição e certeza de voto entre os principais pré-candidatos ao governo do Rio de Janeiro (Instituo Paraná Pesquisas)

Avaliação de Pezão

O governo de Luiz Fernando Pezão tem uma péssima avaliação da população fluminense. Consideram sua administração péssima 67,3% dos entrevistados, enquanto 13,1% veem seu governo como ruim e 14,7% consideram-no regular.

Têm uma boa percepção da gestão Pezão apenas 3,3% dos entrevistados: 2,4% entendem que ele teve um bom governo e 0,9%, ótimo.

Nove entre dez fluminenses (89,1%) desaprovam o governo Pezão, enquanto 7,4% o aprovam.

Veja os gráficos:

Governo de Luiz Fernando Pezão é desaprovado por nove a cada dez fluminenses (Instituto Paraná Pesquisas)