Em depoimento ao MP, Andrés dispara contra Haddad: ‘além de mentiroso é incompetente’

  • Por Jovem Pan
  • 03/09/2018 12h11
PETER LEONE/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOQuestionado sobre uma reunião em que teria solicitado ao possível candidato ao Palácio do Planalto pelo PT recomprar os CIDs, Sanchez disse que Haddad "mentiu" e criticou duramente o pupilo de Lula

O presidente do Corinthians, amigo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e deputado federal pelo Partido dos Trabalhadores (PT), Andrés Sanchez, disparou contra o ex-prefeito de São Paulo e possível candidato à presidência da República pelo mesmo partido, Fernando Haddad, e chamou o político de “mentiroso” e “incompetente”. As informações são do Estado.

Os xingamentos ocorreram durante depoimento prestado no Ministério Público de São Paulo (MPSP) sobre um suposto caso de corrupção envolvendo a construção da Arena Corinthians pela empreiteira Odebrecht, em 11 de novembro de 2017.

Sanchez prestou depoimento na Procuradoria-Geral de Justiça como testemunha na investigação da Corregedoria do órgão para desvendar a suspeita de que o promotor Marcelo Milani havia pedido R$ 1 milhão de propina para não ingressar como uma ação na Justiça contra os incentivos fiscais doados pela Prefeitura para construir o Itaquerão. A ação foi ajuizada no ano de 2012.

Quem levantou a suspeita sobre Milani foi Fernando Haddad em entrevista à revista Piauí em junho de 2017. Na reportagem realizada pela revista, o ex-prefeito de São Paulo revelou ter avisado a suspeita ao MP paulista logo após saber do fato, ao final de 2014. À Piauí, Haddad afirmou tomar conhecimento sobre o suposto pedido de propina do promotor por meio dO ex-presidente do Corinthians.

No depoimento prestado ao MP, o deputado petista negou o que foi dito por Haddad. “Eu nunca estive com o doutor Milani. Se você perguntar se eu tenho raiva dele, desculpa o termo, tenho. Porque, realmente, com a ação que ele entrou hoje os CIDs, que iam ter um desconto de 5% 6%, nego quer 50% ou não quer nem comprar”, disparou.

Questionado sobre uma reunião em que teria solicitado ao possível candidato ao Palácio do Planalto pelo PT recomprar os CIDs, Sanchez disse que Haddad “mentiu” e criticou duramente o pupilo de Lula.

“Passo um tempo curto ele (Haddad) joga na minha cara, vocês não fizeram o overlay, não tem Copa do Mundo e você perde o CID, que só tem validade se tiver a abertura (da Copa no estádio corintiano). Eu falei ‘vocês estão me ameaçando’? O Corinthians teve de assumir os R$ 120 milhões de overlay. Esse é o prefeito Haddad. Por isso que não se reelegeu e não vai se eleger a nada. Porque além de mentiroso é incompetente”, criticou Andrés.