Governo de SP: após empate no 1° turno, Skaf venceria Doria no 2°, aponta Ibope

  • Por Jovem Pan
  • 03/08/2018 21h01 - Atualizado em 03/08/2018 21h35
MontagemApós "empate técnico" no 1° turno, candidato do MDB venceria tucano em cenário de 2° turno

Nesta sexta-feira (3), o Ibope divulgou pesquisa encomendada pela Band sobre as intenções de votos para o Governo de São Paulo. Tecnicamente empatados na liderança aparecem Paulo Skaf, do MDB, e João Doria, do PSDB. Na sequência, vem o atual governador do Estado, Márcio França, e o petista Luiz Marinho.

1º turno

Com 22% dos votos, Skaf aparece na liderança, um ponto percentual maior do que o ex-prefeito de SP. Com a margem de erro de 3%, ambos dividem a liderança. França (PSB) e Marinho tiveram apenas 3%, enquanto Rodrigo Tavares (PRTB), Professora Lisete Arelaro (PSOL) e Toninho Ferreira (PSTU) obtiveram 2% dos votos.

Entre os outros nomes lembrados, Rogerio Chequer (NOVO) e Claudio Fernando (PMN) receberam apenas 1% das menções, cada. Já os eleitores que declararam votar em branco ou nulo foram 32%, enquanto 11% disseram não saber em quem votar ou não responderam.

2° turno

A pesquisa também testou seis cenários possíveis para o segundo turno das eleições envolvendo os quatro principais nomes da disputa. Em todos os cenários em que foi considerado opção, Skaf saiu vitorioso: vencendo Doria (36% a 32%), França (44% a 17%) e Marinho (44% a 18%). Já Doria, que perde na análise com o adversário do MDB, vence os outros dois cenários: contra França (38% a 23%) e Marinho (39% a 22%). Por fim, no cenário entre o governador de São Paulo e o candidato petista, a vitória é de Marinho (25% a 22%).

Conhecimento candidatos

Outra análise feita levou em conta o conhecimento de cada um dos candidatos por parte dos eleitores. Doria (55%) e Skaf (49%) aparecem entre os mais conhecidos, enquanto mais de 50% dos participantes disseram não conhecer Luiz Marinho e Márcio França.

Todos os outros candidatos tiveram menos de 10% de taxa de conhecimento e ultrapassaram a barreira dos 80% no quesito desconhecimento por parte dos eleitores.

Taxa de rejeição

Por fim, os eleitores disseram em quais candidatos não votariam de jeito nenhum. Doria ficou na liderança neste quesito, com 33%, seguido de Skaf (24%), Rogério Chequer e Toninho Ferreira (ambos com 19%). 6% dos entrevistados disseram que poderiam votar em qualquer um dos candidatos, enquanto outros 18% disseram não saber ou não quiseram responder.

Governo Márcio França

A gestão do governador de São Paulo também foi alvo do pesquisa. Entre as pessoas ouvidas, 50% disse desaprovar o governo França, enquanto 26% aprovam. Sobre se confiavam no candidato do PSB, 65% disseram que não, enquanto outros 20% disseram que sim.

Sobre a pesquisa

O Ibope entrevistou 1008 eleitores entre os dias 29 de julho a 1º de agosto. A margem de erro máxima estimada é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança utilizado é de 95%. A pesquisa foi contratada por Companhia Rio Bonito Comunicações. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o protocolo Nº SP-02337/2018 e no Tribunal Superior Eleitoral sob protocolo Nº BR-09683/2018.