“Não tenho ódio do PT”, diz Márcio França em encontro com prefeitos do interior

  • Por Jovem Pan
  • 23/10/2018 15h52 - Atualizado em 23/10/2018 16h20
Johnny Drum/Jovem PanMárcio França se reuniu com prefeitos do interior nesta terça-feira em São Paulo

O candidato ao governo de São Paulo Márcio França (PSB) disse nesta terça-feira (23) que “não tem ódio do PT“. Atual governador, ele tem sido acusado pelo concorrente, João Doria (PSDB), de ter sido aliado do Partido dos Trabalhadores durante as gestões de Luís Inácio Lula da Silva.

“Disputei com o PT minha vida inteira, mas não tenho ódio do PT. Não quero mal para as pessoas do PT, nem que as pessoas do PT morram”, afirmou durante um encontro com 314 prefeitos do interior paulista em um hotel na capital.

Apesar da declaração, o candidato reforçou que não seguirá o apoio nacional do PSB a Fernando Haddad. “Todos sabem, eu não apoio o PT, mas não vou fazer discurso de ódio, fazendo coro para as pessoas se baterem, as famílias se dividirem.”

Estiveram na reunião membros do partido de França, do PPL, do PTB e do MDB de Paulo Skaf. Entre o grupo também estava o tucano Paulo Alexandre Barbosa (PSDB), prefeito de Santos que declarou voto e tem feito duras críticas a Doria.