Para Joice Hasselmann, a partir de agora é ‘PT de um lado e centro-direita de outro’

  • Por Jovem Pan
  • 08/10/2018 10h40
Jovem PanA deputada eleita também revelou que o PSL já "assinou" com diversos outros partidos

Durante entrevista ao Jornal da Manhã desta segunda-feira (08), a recém eleita como deputada federal Joice Hasselmann (PSL), lembrou que será o braço forte de Jair Bolsonaro (PSL) na Câmara dos Deputados e Congresso Nacional.

“Tenho uma série de bandeiras e propostas, mas a gente tem um foco muito sério que é, de fato, o combate à corrupção. Minha função será liderar esse grupo de retaguarda para o nosso presidente”, esclareceu.

A deputada eleita também revelou que o PSL já “assinou” com diversos outros partidos e disse que, a partir de agora, é PT de um lado e centro-direita para o outro. “Teremos uma bancada grande, então, vai dar para aprovar projetos”, garantiu.

Hasselmann também ressaltou que o fato de ela ser jornalista e influenciadora digital vai fazer com que os seguidores pressionem os políticos. “A gente sabe que político tem medo do povo. E o povo ficou muito longe do Congresso Nacional e da Câmara dos Deputados nesses últimos anos”. Por isso, ela garantiu que conseguirá aprovar projetos de duas maneiras: “pelo caminho do voto parlamentar e o caminho da pressão”.

Para a jornalista, quando se trata de alguns temas espinhosos, como cortar privilégios e aprovar reformas que doam no bolso do povo, é esperado que alguns grupos se “arrepiem”. “Creio que com uma informação bem dada e com o povo bem esclarecido, vai fazer com que a gente tenha essa parte expressiva também junto”, acredita.

Sobre a reforma da Previdência, Hasselmann foi bem clara: “se não tiver reforma da Previdência, daqui a pouco ninguém vai receber nada porque está quebrada”. A deputada eleita defende uma reforma que foca no alto escalão do funcionalismo público e que seja única para o sociedade. “Não pode ter gente se aposentando aos 55 anos e ganhando R$ 39 mil”.