PF apreende material irregular de campanha em comitê de Doria

  • Por Jovem Pan
  • 19/10/2018 14h55 - Atualizado em 19/10/2018 15h46
Danilo M Yoshioka/Estadão ConteúdoO material não continha o CNPJ da empresa responsável e nem a identificação do autor da encomenda.

A Polícia Federal fez na manhã desta sexta-feira, 19 uma busca e apreensão no comitê do candidato ao governo de São Paulo, João Doria do PSDB. Os agentes encontraram adesivos irregulares que seriam usados no próximo fim de semana. O material não continha o CNPJ da empresa da gráfica responsável pela impressão e nem a identificação do autor da encomenda.

A denúncia partiu da coligação adversária, do atual governador, Márcio França (PSB). Segundo ele, estava sendo feita a confecção e distribuição de material de campanha irregular.

A campanha do ex-prefeito disse, em nota, que o lote em desacordo com a legislação eleitoral é uma “pequena fração dos impressos que não havia a menção ao CNPJ” e que marcou para o sábado, 20, um “adesivaço” e que “a campanha está segura de que o material que distribui está perfeitamente adequado a todos os requisitos da legislação eleitoral”, encerra.

*Com informações da Agência Brasil