9 vezes campeã do Carnaval carioca, Salgueiro apresenta a história de Minas Gerais

  • Por Jovem Pan
  • 16/02/2015 04h08
RIO DE JANEIRO,RJ,16.02.2015:CARNAVAL-SALGUEIRO - Carnaval 2015. Grupo Especial. Viviane Araujo durante desfile da Escola de Samba Salgueiro, no Sambódromo Marquês de Sapucaí no Rio de Janeiro (RJ), nesta segunda-feira (16). (Foto: Dhavid Normando/Futura Press/Folhapress)Salgueiro foi à Sapucaí para falar da gastronomia mineira; veja

Na madrugada desta segunda-feira (16) o Salgueiro, dos carnavalescos Renato e Márcia Lage, entrou na Avenida sem a presença da chuva. Com o enredo “Do fundo do quintal, saberes e sabores na Sapucaí” a escola vermelha e branca trouxe ao público a história da colonização das Minas Gerais e abordou as comidas típicas do local. Durante o desfile, a quinta escola do Grupo Especial mostrou que gastronomia, fé e samba andam juntos. 

Tradição no Carnaval do Salgueiro há 20 anos, a atriz e dançarina Viviane Araújo é rainha de Bateria da escola e arrasou na passarela do samba! Com uma fantasia que representa a chama de um fogo, ela foi destaque essencial no desfile usando uma roupa bastante brilhosa. Viviane, além de sambar, tocou tamborim em toda a apresentação. 

O elenco da novela “Império”, da TV Globo, também esteve presente na Sapucaí. Alexandre Nero, Lília Cabral e Leandra Leal demostraram ao público o amor pela escola, cantando o enredo do início ao fim e mostrando muito samba no pé. Leandra chegou a se emocionar na Avenida. Os três, vestidos de diamante, indicavam o início da ambição naquele período de colonização. 

Quase no fim da apresentação, um dos carros alegóricos do Salgueiro enguiçou na dispersão da escola, apesar do nervosismo, o carro conseguiu sair do lugar.  

Lâmpadas de led em todas as alas do desfile só agregaram valor para a apresentação! A comissão de frente do Salgueiro apresentou efeito de iluminação inédito na Sapucaí.

Confira o samba-enredo da Salgueiro:

 TEM AMOR NESSE TEMPERO… SALGUEIRO
ESSE “TREM É BOM DEMAIS”
VEM DOS TEMPOS DOS MEUS ANCESTRAIS
FOI O ÍNDIO QUE ENSINOU
COM SUA SABEDORIA
O JEITO DE APROVEITAR, TUDO QUE A TERRA DÁ, NO DIA-A-DIA
É DE DAR ÁGUA NA BOCA, SE LAMBUZAR
VISITAR O PARAÍSO…. E SONHAR
O DANADO DESSE CHEIRO SÔ!… Ô SINHÁ
ATIÇOU MEU PALADAR… Ô SINHÁ
JÁ BEBI UMA “PURINHA” VIM SAMBAR NA ACADEMIA
E NÃO QUERO MAIS PARAR…
O OURO DESPERTA AMBIÇÃO
DA FOME NASCE A CRIATIVIDADE
O BRANCO, O NEGRO E SEUS COSTUMES
TRAZENDO MUITO MAIS VARIEDADE
UM ELO EM COMUNHÃO
E A CULINÁRIA VIROU ARTE E TRADIÇÃO
É NO TACHO… NA PANELA… MEXE COM A COLHER DE PAU
SABERES E SABORES LÁ DO FUNDO DO QUINTAL
PEÇO A NOSSA SENHORA PRA NÃO DEIXAR FALTAR
É DIVINA… QUE DELÍCIA… PRONTA PRA SABOREAR
PREPARA A MESA BOTA A FÉ NO CORAÇÃO
NUMA SÓ VOZ VAI MEU SAMBA EM LOUVAÇÃO
É O MEU SALGUEIRO COM GOSTO DE QUERO MAIS
OH MINAS GERAIS!