Acusado de ajudar em suicídio da ex, Jim Carrey pode ser julgado pelo caso

  • Por Jovem Pan
  • 01/06/2017 12h23
Reprodução/ Twitter Jim Carrey acusado de comprar as pílulas que ex usou - reproduçao

Jim Carrey pode ser julgado por ter ajudado no suicídio da ex-namorada, Cathriona White. A mãe e o marido da maquiadora, que se matou em 2015, entraram com processo contra o ator o acusando de ter fornecido os remédios usados por White para cometer suicídio.

De acordo com o The Telegraph, o advogado de Jim Carrey entrou com uma medida pedindo a desconsideração dos dois processos abertos, afirmando que eles são “maliciosos” e “depredatórios”.

O juiz do caso, no entanto, afirmou que não irá desconsiderar as acusações contra o ator, que pode vir a responder por homicídio culposo. A data do julgamento foi marcada para o dia 26 de abril de 2018 e deve durar cerca de 20 dias.