Amy Lee do Evanescence entra com processo contra gravadora

  • Por Jovem Pan
  • 03/01/2014 16h15
Evanescence se apresenta no Maquinária Festival na Chácara do Jockey

Segundo o site TMZ, a vocalista do Evanescence Amy Lee entrou com um processo contra a sua gravadora, a Wind-UP Records, que de acordo com ela arruinou a carreira do grupo e deixou de lhes dar mais de US$ 1 milhão.

A norte-americana diz que a gravadora arquitetou um plano para sabotar a banda ao trocarem os promotores por “um bando de idiotas que retiveram US$ 1,5 milhão de direitos autorais”.

O grupo criado em 1995 lançou três álbuns de estúdio em sua carreira. O último foi o disco autointitulado lançado em 2011.