Após polêmica, Ed Motta se diz “psicologicamente abalado” e cancela show no Brasil

  • Por Jovem Pan
  • 15/04/2015 18h37
ed motta 230513

Após falar mal dos brasileiros em seu perfil do Facebook e gerar a maior repercussão na internet, o cantor Ed Motta cancelou o primeiro grande show que faria no país depois desse episódio. A apresentação aconteceria no próximo sábado (18), no bar Opinião, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

De acordo com comunicado enviado à imprensa pelo Opinião, “depois do ocorrido na última semana, o cantor se encontra psicologicamente abalado e sem condições de se apresentar ao vivo. O espetáculo será remarcado para uma nova data, em junho.”

Apesar de ter a intenção de reagendar o show, todos os ingressos serão devolvidos ao público. Os bilhetes devem ser levados até o local onde foram comprados, com reembolso garantido. Caso a compra tenha sido efetuada pela internet, o pedido de cancelamento da compra deve ser feito pelo e-mail atendimento@minhaentrada.com.br.

Para quem não sabe o qua aconteceu, ao divulgar as datas de suas turnês internacionais o sobrinho de Tim Maia escreveu na rede social que não falará português nos shows, pois de acordo com ele o inglês é a língua universal. Também disse que  não queria “um grupo de brasuca berrando “Manuel” porque ele não cantaria.

Acha que Ed parou por aí? Doce engano. No texto, ele fez questão de destacar: “Verdade seja dita, que meu público brasileiro de verdade na Europa, é um pessoal mais culto, informado, essas pessoas nunca gritaram nada, o negócio é que vai uma turma mais simplória que nunca me acompanhou no Brasil, público de sertanejo, axé, pagode, que vem beber cerveja barata com camiseta apertada tipo jogador de futebol, com aquele relógio branco, e começa gritar nome de time. Não gaste seu dinheiro, e nem a paciência alheia atrapalhando um trabalho que é realizado com seriedade cirúrgica, esse não é um show para matar a saudade do Brasil, esse é um show internacional”.

Pouco tempo depois, o artista pediu desculpas pelas palavras e disse que “todo mundo erra”. Mesmo colocando a culpa na depressão e nos remédios que toma, os brasileiros não conseguiram esquecer o que aconteceu e seguem infernizando a vida do músico nas redes sociais.