Assessor de Cristiano Araújo lamenta morte: “estava vivendo o melhor momento da carreira”

  • Por Jovem Pan
  • 24/06/2015 12h23
Cristiano Araújo violão

A morte repentina de Cristiano Araújo, nesta quarta-feira (24), em acidente de carro, chocou familiares, fãs e pessoas próximas do cantor. Leonardo Taldi, assessor do cantor sertanejo, conversou com a Jovem Pan pouco depois de receber a notícia.

Ele lamentou o falecimento no auge de Cristiano: “estava vivendo o melhor momento da carreira dele, com shows, programas de TV, divulgação do novo DVD, gravado em Cuiabá. A gente tinha gravação do novo clipe e [a morte] pegou todo mundo de surpresa”.

Desde muito cedo Cristiano esteve mergulhado no mundo sertanejo, com o apoio do pai, que possuía uma espécie de barzinho: “lá cantavam Leandro e Leonardo, Bruno e Marrone, Cristiano convivia com esse pessoal e cresceu na música. Teve o apoio do Jorge e Matheus”.

Araújo sempre fez questão de não dirigir após shows, sempre tendo o seu motorista no volante. No acidente, ele estava com a namorada Allana de Moraes no banco de trás, ela faleceu no local. “Ele era muito tranquilo, era o motorista que dirigia o carro sempre. É difícil de acreditar. Ele era muito apegado à família, sempre falou disso, de viver de uma carreira consolidada”, lamentou.