Autoridades australianas ameaçam sacrificar cães de Johnny Depp

  • Por Jovem Pan
  • 14/05/2015 09h04
Johnny Depp vai passar por cirurgia em Los Angeles e deve voltar aos sets de Piratas do Caribe em duas semanas

Johnny Depp talvez tenha que enfrentar sua maior provação desde os tempos de Jack Sparrow. O Ministro da Agricultura da Austrália ameaçou os cachorros do ator depois que Depp foi acusado de trazer os animais ao país ilegalmente.

Os cães, Pistol e Boo, podem ser sacrificados se o ator não levá-los embora do país nos próximos dois dias, segundo o político Barbaby Joyce na quarta-feira (13). As informações são do Sydney Morning Herald.

No mês passado, Depp chegou ao país com seus dois cães em seu jatinho particular para as gravações do próximo “Piratas do Caribe 5”, que estreia apenas em 2017 nos cinemas, sem declarar na imigração que levava os animais.

Pelas leis australianas, os animais deveriam ter passado um período de dez dias, no mínimo, em observação antes da entrada no país. As autoridades foram alertadas quando uma funcionária de um pet shop postou uma foto cuidando dos animais de Depp (abaixo).

Segundo o ministro Barbaby Joyce, o ator não vai escapar das regras australianas só porque é um grande astro do cinema.