Caetano Veloso defende esposa e pede legalização da maconha

  • Por Jovem Pan
  • 09/03/2017 09h39 - Atualizado em 04/04/2017 16h31
Reprodução/Instagram Caetano Veloso defende esposa e pede legalização da maconha

Após Paula Lavigne fazer um vídeo em que fuma maconha com um amigo no Uruguai e defender a legalização da droga no Brasil, o músico Caetano Veloso – marido da atriz – fez um vídeo em que a defende e enfatiza o discurso da liberação da erva no país. As imagens foram reveladas no Instagram da produtora, nesta quarta-feira (8).

Afirmando que não usa e não gosta dos efeitos que a droga causa, Caetano diz que é a favor da liberação não só da maconha, mas de todas as drogas. “Não, Deus me livre. Tenho horror a maconha. A sensação que me provoca é péssima. Experimentei nos anos 60, mas odiei, detestei. Mas eu sou a favor da liberação e da legalização da maconha, aliás, de todas as drogas (…) Isso precisa de um amadurecimento da sociedade, eu até entendo”, EXPLICOU.

O lendário cantor acredita que a erva está no mesmo nível do álcool, que é uma droga pesada e pode ser encontrada em qualquer bar de esquina. “É um bom começo a maconha sair das drogas pesadas, e passar a ser legal, sendo que o álcool é uma droga pesada e é legal”, comentou.

Lavigne então começou um diálogo com seus seguidores, afirmando que mesmo o marido, que não utiliza nenhuma substância, é defensor da legalização. “@caetanoveloso não bebe, não fuma, não usa droga nenhuma e é mais radical que eu quanto a liberação das drogas! Espero que a gente possa ter uma discussão de nível, ninguém precisa concordar com ninguém, e as redes sociais deveriam ser usadas para elevar o nível da conversa e não baixar. Vamos tentar?”, concluiu.