Cantor Leonardo é preso em aeroporto com cartuchos de munição

  • Por Jovem Pan
  • 03/02/2014 14h44

Leonardo durante a gravação do DVD Esse Alguém Sou Eu

Leonardo durante a gravação do DVD Esse Alguém Sou Eu

O cantor Leonardo foi preso na tarde da última sexta-feira (31), em Brasília. Ele estava no Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek quando foi pego com 22 cartuchos de munição calibre 22.

Leonardo ficou detido na PF, mas, após pagar uma fiança de R$ 10 mil, foi liberado.

A assessoria da Polícia Federal divulgou uma nota sobre o acontecimento, mas não citou o nome do cantor. “A Comunicação Social da Superintendência Regional da Polícia Federal no Distrito Federal confirma a prisão de um cantor de Música sertaneja na noite de sexta-feira, dia 31/01/2014, no Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek (Brasília/DF), em razão de porte de 22 cartuchos de munição de calibre permitido (Calibre .22), sem autorização e em desacordo com determinação legal ou regulamentar (art.14 do Estatuto do Desarmamento – Lei nº 10.826). O referido detido foi colocado em liberdade após a lavratura do procedimento policial e o pagamento de fiança. Em razão da política de Comunicação Social da Polícia Federal e dos preceitos constitucionais e legais vigentes, como é praxe, não foi autorizado e nem serão divulgados nome, nem imagens do referido preso; nem serão prestadas informações adicionais sobre o episódio.”

Segundo informações do Correio Brasiliense, a defesa do cantor garantiu que tudo foi um mal entendido.

A Jovem Pan entrou em contato com a assessoria de imprensa do cantor, que afirmou que ainda não conversou com o cliente e não sabe se foi exatamente assim que tudo aconteceu.