Casa Branca responde “piada” de Johnny Depp sobre Trump e ator se desculpa

  • Por Jovem Pan
  • 23/06/2017 16h02
Casa Branca responde “piada” de Johnny Deep sobre Trump e ator se desculpa - Reprodução/ EFE

Johnny Depp causou controvérsia ao sugerir o assassinato de Donald Trump na noite de quinta-feira (22) e a “piada” do ator chegou ao conhecimento da Casa Branca, que emitiu uma declaração oficial repudiando o ator. Nesta sexta-feira (23), Depp também se desculpou pela brincadeira.

Um repórter da ABC divulgou, pelo Twitter, parte da nota oficial da Casa Branca. “Presidente Trump condena violência em todas as suas formas e é triste que pessoas como Johnny Depp não sigam seu conselho. Espero que alguns dos colegas de Depp se coloquem contra essa retórica tão incisivamente quanto fariam se esse comentário fosse direcionado a um democrata eleito”, diz o comunicado.

À revista People, o ator se desculpou pela declaração e disse que a “piada” foi entendida de forma errada.

“Peço desculpas pela piada ruim e de mau gosto que fiz sobre o presidente Trump. Não saiu como eu pretendia, eu não pretendia ser maldoso. Estava tentando divertir, não agredir ninguém”, falou.

Durante o festival Glastonbury, Depp perguntou aos presentes: “quando foi a última vez que um ator assassinou um presidente?”. “Podem trazer Trump aqui”, disse ao completar. “Isso vai aparecer na imprensa e será horrível. Trata-se apenas de uma pergunta, não estou insinuando nada”, acrescentou.