Causa da morte de Bobbi Kristina Brown, filha de Whitney Houston, é revelada

  • Por Jovem Pan
  • 06/03/2016 16h12

Bobbi Kristina Brown ao lado da mãeBobbi Kristina Brown ao lado da mãe

Quase oito meses após a morte de Bobbi Kristina Brown, que vinha sendo investigada como um homicídio, foi divulgada a causa do óbito da filha de Whitney Houston. Encontrada em fevereiro de 2015 dentro da banheira de casa, ela faleceu em decorrência de imersão na água após o uso de drogas.

De acordo com comunicado divulgado pelo Fulton County Medical Examiner, Bobbi contraiu pneumonia, causada por encefalopatia hipóxica isquêmica (dano cerebral decorrente da perda de oxigênio), junto com uma intoxicação por drogas. Ainda foi informado que, no corpo, foram encontrados traços de maconha, álcool, benzoilecgonina (componente da cocaína), benzodiazepinas (presente em medicamentos para sedação e ansiedade), e morfina, que pode indicar uso de heroína.

Segundo a revista “People” revelou nesta semana, o corpo de Bobbi Kristina Brown ainda tinha lesões agudas, incluindo uma depressão no crânio e hematomas em seus braços e coxas, além de dezenas de cicatrizes.

Em julho de 2015, época em que ela foi morta, o “TMZ” divulgou a notícia de que o namorado de Bobbi, Nick Gordon, era apontado como suspeito do homicídio. Na época, a autópsia havia revelado que o corpo da jovem não apresentava lesões significativas. A família dela alega que ela “morreu durante uma violenta discussão com o réu”, que “injetou nela uma mistura tóxica”. Enquanto isso, ele os processa, rebatendo que as acusações são difamatórias.