Com enrendo sobre a malandragem, Salgueiro busca o título do Carnaval

  • Por Jovem Pan
  • 22/01/2016 20h02

Depois de dois anos na vice-liderança da Marquês de SapucaíEnsaio da Salgueiro

Com o lema “nem melhor nem pior, apenas uma escola diferente”, apelidade de Academia do samba, a Salgueiro terá pelo sexto ano seguido a dupla Marcia Lage e Renato Lage desenvolvendo o seu enredo. Com “A Ópera dos Malandros”, a esperança dos dois carnavalescos é conseguir o tão sonhado título.

Depois de conquistar o vice-campeonato por dois anos seguidos, outra tradição que se repete é Viviane Araújo à frente da bateria. Para a repórter Cris Santos, da Jovem Pan, Márcia contou o que o público deve presenciar na Sapucaí.

“O enredo do Salgueiro é sobre a malandragem. Mas é a malandragem, não dessa malandragem que a gente está vendo nos noticiários. É uma malandragem mais do arquétipo mesmo, daquele malandro carioca, que é o cara galanteador, frequenta o botequim, joga com a sorte e tem uma filosofia toda própria”, explica Márcia.

A Salgueiro será a segunda a passar pela Marquês de Sapucaí na segunda noite de desfiles do Carnaval Carioca.