Conheça a trajetória de sucesso de Michelle Obama, que completa 50 anos

  • Por Jovem Pan
  • 16/01/2014 20h27
Michelle Obama: a Primeira-Dama completa 50 anos; confira fotos

A responsabilidade era enorme. Em 2009, Michelle Obama tornava-se a Primeira-Dama dos Estados Unidos, na mesma cerimônia em que seu marido, Barack Obama, assumiu a presidência. Mulher forte e de personalidade, ela logo conquistou o coração dos americanos. Nesta sexta-feira (17), completa 50 anos.

Sua história começa em Chicago, onde nasceu e cresceu ao lado do irmão mais novo Craig, e os pais Fraser e Marian. Ainda assinando como Michelle LaVaughn, se formou advogada pela Universidade de Harvard.

Conheceu Barack em 1989, durante idas à Igreja. Em pouco tempo, os dois começaram a namorar e, três anos depois, casaram-se e ela assumiu o sobrenome do esposo. Entretanto, sua primeira impressão dele não foi das melhores: o achou narigudo.

Michelle não se cansa de falar que sua primeira ocupação na vida é a de ser mãe. As filhas Malia e Sasha, de 14 e 11 anos respectivamente, recebem a dedicação total de da mãe. Sabe ser dona de casa: sua especialidade na cozinha é “linguini com camarão”, o prato preferido do presidente. Mas quando o assunto é louça, sempre obriga o marido a encarar a pia.

Mesmo dedicada à família, teve papel importantíssimo durante a campanha presidencial do marido, já que também conquistou os eleitores. Além isso, ela sempre foi bem articulada e carismática. Também não foi sem motivos que se tornou ícone da moda. Ela consegue mesclar modelitos caros com roupas acessíveis e atinge vários públicos, conquistando admiradores ao mostrar que é “gente como a gente”. Deixou a caretice de outras mulheres que ocuparam sua posição de lado e apostou em penteados ousados e cores fortes, dedicando tempo para ser cuidada por profissionais renomados da área da beleza.

A Primeira-Dama, que tem codinome “Renascença” no Serviço Secreto, detesta usar calças legging. Quando o assunto é malhação, encara a academia como “uma gladiadora”, segundo amigos.

Falando em atividades físicas, seu lado ativista tomou grande proporção quando lançou o programa “Let’s Move”. Uma campanha focada em mudar os hábitos da população norte-americana, em especial no combate à obesidade infantil, com ênfase em exercícios e alimentação saudável.

Ela também expressou apoio integral em prol de direitos iguais para a comunidade LGBT. Especificamente para repelir a lei “Don’t Ask, Don’t Tell”, em que soldados americanos não podiam revelar orientação sexual. Antenada, costuma usar a rede social Twitter ou Instagram para divulgar fotos do dia-a-dia e comunicados.

A frase é batida, mas Michelle realmente a faz justiça: “Por trás de um grande homem, sempre há uma grande mulher”.