Da nudez à cadeia, veja as polêmicas de Lindsay Lohan

  • Por Jovem Pan
  • 01/07/2015 10h54

Lindsay Lohan já aprontou à beça; relembre as polemicas

Lindsay Lohan já aprontou à beça; relembre as polemicas

Lindsay Lohan começou a carreira muito cedo, como modelo infantil, e estrelou no cinema em “Operação Cupido” também muito cedo, aos 12 anos. Talvez por não ter tido uma infância normal como a maior parte das crianças, a estrela cresceu se envolvendo em confusões gigantescas, mesmo para os padrões de Hollywood. Nesta quinta-feira (2), a artista completa 29 anos. Relembre as principais polêmicas da atriz.

Principais papeis

Com papel marcante em “Meninas Malvadas” (2004), Lindsay também arriscou, sem sucesso, a carreira de cantora. Além deste, estrelou filmes de grande bilheteria, como “Sexta-Feira Muito Louca” (2003) e “Herbie: Meu Fusca Turbinado” (2005), tornando-se a atriz mais rentável com menos de 24 anos. Mas alguns não a consagraram e foram fracassos de crítica e público, como “Sorte no Amor” (2005) e “Todo Mundo Em Pânico 5” (2013).

 

Drogas e álcool

Mas as complicações com álcool e drogas vieram se agravaram em 2007 depois de ter sido vista dirigindo alcoolizada e ter se internado várias vezes em clínicas de reabilitação. No ano anterior, a atriz se juntara à Paris Hilton e Britney Spears e, juntas, formaram o trio polêmica do ano de 2006, protagonizando saídas animadas em baladas e deixando calcinhas à mostra.

Prisões e reabilitação

Depois de faltar a uma audiência na justiça, a atriz foi obrigada a usar um bracelete ou tornozeleira para medir o teor de álcool no corpo. Em julho de 2010, foi condenada a 90 dias de prisão por ignorar as aulas de reabilitação.

Após cumprir parte do tempo de prisão, Lindsay foi internada compulsoriamente em uma clínica de reabilitação. Entretanto, em setembro, não passou no teste periódico de dosagem sanguínea de drogas e foi presa novamente, desta vez por tempo menor. Em seu Twitter, a atriz confessou pela primeira vez ser usuária de drogas e pediu a ajuda dos fãs.

Roubo

Em 2011, Lindsay foi acusada de roubar um colar numa joalheria e teve que ponderar aceitar uma nova pena de dezenove dias por meio de um acordo judicial que evitaria um julgamento mais longo e uma pena mais severa.
Nesse mesmo ano, a juíza Stephanie Sautner – responsável pelo julgamento de Lohan, condenou que ela trabalhasse em um necrotério. Lohan teria que trabalhar como faxineira no local, e frequentar sessões de psicoterapia judicial.

Nova fase

No momento, Lindsay Lohan está em uma fase mais tranquila e com discurso de boa moça, tendo até participado de novos filmes e feito uma aparição engraçada no programa de Jimmy Fallon.