Advogados dizem que R. Kelly não foi a audiência por não saber ler

  • Por Jovem Pan
  • 29/04/2019 18h44
EFER. Kelly não foi a uma audiência por não saber ler

Os advogados de R. Kelly afirmaram à Justiça americana que o rapper não sabe ler e, por isso, não compareceu a uma audiência. Ele é acusado de abuso sexual por Heather Williams, que alega ter sido violada pelo músico quando tinha 16 anos.

De acordo com os advogados Zaid Abdallah e Raed Shalabi, R. Kelly sofre de um déficit de aprendizagem que afeta sua capacidade de ler. O cantor teria recebido a intimação para ir à audiência, mas não teria entendido nada do que o documento dizia.

Agora, os advogados entraram com um pedido para que o julgamento seja feito novamente, uma vez que Williams ganhou o caso por R. Kelly não ter aparecido. Eles também reclamaram do fato da audiência ter sido marcada enquanto o cantor já estava preso por não ter pagado pensão alimentícia.

R. Kelly é acusado de abuso sexual por uma série de mulheres. As acusações ganharam ainda mais força após o documentário “Sobrevivendo a R. Kelly”, que trouxe depoimentos de supostas vítimas do músico.

O rapper saiu da cadeia no mês passado. Ele havia sido detido por não pagar pensão e foi solto após pagar fiança. De acordo com a imprensa americana, o cantor tem apenas US$ 625 (R$ 2,4 mil) em seu nome.