Asia Argento admite que teve relações sexuais com menor de idade

  • Por Jovem Pan
  • 01/10/2018 14h46 - Atualizado em 01/10/2018 15h10
ReproduçãoSegundo a italiana, ela teria ficado "paralisada" ao perceber o jovem em cima dela

A atriz italiana Asia Argento admitiu, neste domingo, 30, durante um programa de televisão italiano, que teve relações sexuais com o jovem ator Jimmy Bennett, que na época tinha 17 anos. No começo de setembro, a atriz já havia invertido a acusação e disse que ficou “congelada” quando viu o garoto por cima dela.

Asia conhecia Bennett desde quando ele era criança e voltaram a se encontrar em 2013 quando este tinha 17 e ela 37. Hoje, o ator que tem 22 anos disse que a italiana o beijou prolongadamente e que teria o empurrado para a cama e tirado as calças do garoto. A versão da atriz é um pouco diferente. Segundo ela, assim como faziam quando ele era pequeno, o rapaz teria pedido ajuda para se preparar para uma audição e que ela ficou “paralisada” ao perceber que ele estava em cima dela, como um jovem “com os hormônios descontrolados”.

“Começou a me beijar e me tocar, mas não como uma mãe e seu filho, como eu o via, mas como um menino com os hormônios descontrolados […] e isso me deixou paralisada”, contou a atriz.

“Ele literalmente pulou em cima de mim. Me colocou atravessada, na cama, Ele fez o que queria fazer. Não usou camisinha. Durou dois minutos. Ele teve um orgasmo. Eu estava fria, incapaz de me mexer. Chocada. Eu o perguntei porque ele tinha feito aquilo, e ele me disse que era uma fantasia que tinha desde os 12 anos. Para ele, eu era um troféu de caça”.

Ela ainda mostrou no programa mensagens que havia trocado com seu falecido namorado, Anthony Bourdain, que teria pago 250 mil dólares a Bennett para este se manter em silêncio. Depois da morte de Anthony, Asia suspendeu os pagamentos.

Argento ficou conhecida ao contar que foi estrupada pelo produtor Harvey Weinstein em seu quarto de hotel aos 21 anos durante o festival de Cannes em 97. Ela se tornou uma espécie de porta-voz das mulheres que foram assediadas e abusadas sexualmente por Weinstein.