Após Virada Cultural, Compadre Washington é assaltado e internado em SP

  • Por Jovem Pan
  • 20/05/2019 12h06 - Atualizado em 20/05/2019 12h08
Reprodução/InstagramVocalista do É O Tchan teve celular roubado e foi ferido na cabeça após show na Virada Cultural

Compadre Washington, vocalista do É O Tchan, precisou ser internado após machucar a cabeça depois de ser assaltado na madrugada desta segunda (20), em São Paulo. A assessoria de imprensa do cantor confirmou a informação nas redes sociais.

Ao lado do É O Tchan, Washington realizou duas apresentações na Virada Cultural neste domingo (20), festival gratuito que durou 24 horas na capital paulista. A primeira delas aconteceu na Zona Sul, no início da tarde.

Já às 15h30, o grupo subiu novamente ao palco da Virada, desta vez no Largo do Arouche, região central da cidade. O show terminou por volta das 17h, segundo a programação oficial do evento.

Em comunicado divulgado, a assessoria do cantor informou que durante o trajeto para uma lanchonete próxima a seu hotel, Compadre Washington foi assaltado e ferido na cabeça após uma queda. Ele teve o seu celular roubado e foi encaminhado para o Hospital das Clínicas, segundo o “Uol”. O cantor segue em observação, mas não corre perigo de vida.

Ainda segundo a assessoria de Washington, o assalto teria acontecido na madrugada de domingo (19), entretanto, stories postados pelo próprio cantor em seu Instagram confirmam que por volta das 16h ele se apresentava no Largo do Arouche, sem ferimentos.

Confira o comunicado na íntegra: