Corey Feldman diz que doc sobre abusos de Michael Jackson o deixou preocupado

Ex-ator mirim era muito amigo do astro pop e documentário deixou dúvidas: ‘Ele estava me preparando?’

  • Por Jovem Pan
  • 26/04/2019 08h38
Reprodução/InstagramCorey Feldman era amigo de Michael Jackson

Corey Feldman, ex-ator mirim que ficou conhecido por sua amizade com Michael Jackson, falou sobre as alegações contra o astro retratadas no documentário “Leaving Neverland”, lançado no começo do ano. A trama acompanha Wade Robson e James Safechuck que, quando crianças, dizem ter sido abusados pelo cantor. A riqueza de detalhes do método de Michael chocaram muitos fãs.

Embora tenha negado que sofreu abuso quando criança, Feldman afirmou que assistir à produção “causou preocupações” a ele. Ele, que atuou em filmes como “Os Goonies” e “Conta Comigo”, deu entrevista à revista Rolling Stone.

“Eles descrevem um processo clássico de preparação [para o abuso]. Foi tudo muito similar ao que aconteceu comigo. Michael me comrpava presentes, TV, um relógio de ouro da Disney. Ele estava me preparando e eu só não fui escolhido? Ou ele era assim? Esse é o problema, nunca saberemos”, analisou Corey.

“Eu era exatamente o tipo dele. Bonitinho, baixo e loiro, sabe?”, completou.

Atualmente, Corey trabalha em um documentário para expor a pedofilia em Hollywood.