Famosas cobram juiz após novo flagrante de homem que assediou mulher em ônibus

  • Por Jovem Pan
  • 02/09/2017 17h40
Tatá Werneck, Cleo Pires e Marília Gabriela se posicionaram sobre decisão do juiz

Na manhã deste sábado (2), Diego Ferreira de Novaes, que foi preso no início da semana por ter ejaculado em uma mulher dentro de um ônibus em São Paulo e solto pouco depois, voltou a ser detido ao cometer o mesmo ato.

Pelas redes sociais, as artistas não se calaram e voltaram a cobrar o juiz José Eugênio do Amaral de Souza Neto, responsável por liberar Diego da prisão por entender que não houve “constrangimento” nem “violência” no ato obsceno.

Tatá Werneck foi uma das que condenou o juiz. “Satisfeito, Senhor Juiz? O que mais este criminoso precisa fazer com alguém ou com o senhor para que o senhor exerça seu trabalho como juiz e ser humano?”, escreveu.

“E aí, sr. Juiz? Mais uma tendo que passar por isso. A sua decisão de não condenar esse homem não só permite que ele ataque de novo, mas também normaliza uma atitude claramente agressiva de um homem em relação à uma mulher. Esse tipo de conduta sendo permitida pela nossa ‘justiça’ coloca nós, mulheres, em uma posição de refém. Não dá para entender essa decisão”, se posicionou Cleo Pires.

Marília Gabriela também se mostrou inconformada com o novo flagrante. “Foi preciso outro constrangimento para que ele fosse preso? Estuprador, sim senhor! Aliás, aqui nas minhas leituras do noticiário encarei com horror os impressionantes números que meu brilhante amigo Drauzio Varella escancarou na Folha [de São Paulo] de hoje, em seu artigo de título ‘Estupro’. Já leram? Procurem ler. Precisamos todos tomar conhecimento dessa nossa injusta e selvagem realidade”, falou.

 

Vocês já souberam que o estuprador, aquele que ejaculou no pescoço de uma passageira num ônibus aqui em SP quatro dias atrás, que já tinha nas costas outras muitas acusações de violência contra mulheres, inclusive outros estupros, e foi liberado pelo juiz que entendeu que, na ocasião, ” não houve constrangimento”, foi preso em flagrante esta manhã novamente, dentro de um ônibus, na mesma região de outro dia, por ato obsceno? Gente do céu, foi preciso outro CONSTRANGIMENTO para que ele fosse preso? Estuprador sim senhor ! Aliás, aqui nas minhas leituras do noticiário, encarei com horror os impressionantes números que meu brilhante amigo Drauzio Varella escancarou na Folha de hoje, em seu artigo de título ESTUPRO. Já leram? Procurem ler. Precisamos todos tomar conhecimento dessa nossa injusta e selvagem realidade. Beijos. Tô aqui. Sábado de sol e calor. Fiquem bem. ? #saturday #news #terriblenews #violenciacontramulher #tristerealidade

Uma publicação compartilhada por @gabi_mariliagabriela em