Jennifer Aniston relembra assédio moral de Harvey Weinstein

  • Por Jovem Pan
  • 09/10/2019 09h41
ReproduçãoAtriz trabalhou com ex-produtor de Hollywood em 2005

Jennifer Aniston é uma das capas da Variety de outubro e, entre outros assuntos, falou sobre sua relação com Harvey Weinstein, ex-produtor de Hollywood acusado de inúmeros assédios sexuais.

Aniston e Weinstein trabalharam juntos no filme “Fora de Rumo”, de 2005, e a atriz relembrou momentos de tensão que viveu com o executivo. A eterna Rachel de “Friends” contou sobre a intimidação que sofreu para usar a marca de roupas de Georgina Chapman, ex-esposa de Weinstein.

“Lembro-me quando a linha de roupas de Georgina estava começando. Ele veio me visitar em Londres enquanto filmávamos e disse: ‘Ok, eu preciso que você use um desses vestidos na estreia'”, contou a atriz, que disse ter olhado um catálogo de vestuário, mas sem se interessar por nada.

“Então, ele mudou e disse: ‘Você tem que usar esse vestido’. Esse era o meu único assédio moral. E eu fiquei tipo: ‘Não, eu não vou usar o vestido’. O que ele iria fazer? Ir até o hotel e me obrigar a vesti-lo?”, lembrou.

Aniston também relembrou uma situação específica que exemplifica a pessoa que Weinstein era nos bastidores.

“Houve o jantar de estreia. Lembro que estava sentada à mesa do jantar com Clive [Owen], e nossos produtores e um amigo meu estavam sentados comigo. E ele literalmente chegou à mesa e disse ao meu amigo: ‘Levante-se!’ E eu fiquei tipo, ‘Oh meu Deus.’ E então meu amigo se levantou e se mudou e Harvey se sentou. Era exatamente esse nível de direitos e comportamentos grosseiros [que ele tinha]”.

View this post on Instagram

It’s been 15 years since Jennifer Aniston signed off as Rachel Green on #Friends. In that time, she’s received plenty of offers to return to TV, but she hadn’t been tempted by any of them. “I was doing so many films at the time,” Aniston says on a recent afternoon, sitting in the living room of her Bel-Air mansion, as her two dogs — Clyde and Sophie — scamper around her. “So I never thought, ‘Oh I’m nostalgic.’” And she didn’t think anything could compare with the professional experience of #Friends anyway. “If I was going to go back anywhere, that’s where I would want to go. Meaning in my mind.” In Variety's Power of Women issue, Aniston opens up about working with Harvey Weinstein, how she felt about Matt Lauer's abusive behavior, and the real reason why they never did a #Friends movie. Link in bio. (📸: @peggysirota)⁠ ⁠

A post shared by Variety (@variety) on