Johnny Depp afirma que tem provas de que não agrediu Amber Heard

  • Por Jovem Pan
  • 23/01/2019 08h17 - Atualizado em 23/01/2019 08h18
Reprodução/InstagramJohnny Depp está movendo processo contra o tabloide The Sun

Em novo capítulo da briga judicial para tentar limpar seu nome, Johnny Depp afirma que tem provas de que nunca agrediu sua ex-esposa, a também atriz Amber Heard.

O ex-casal já acertou os termos do divórcio, mas, agora, Depp está movendo ação contra o tabloide The Sun, que o classificou como alguém que “bate em mulher” e também criticou J.K. Rowling por mantê-lo no elenco de “Animais Fantásticos“.

O advogado de Depp, Adam Waldman, em contato com o E! News, disse que registrou uma “lista parcial de evidências” que serão usadas para, segundo ele, provar “as alegações fraudulentas contra o ator”.

Entre as provas, estão “dezenas de vídeos de segurança”, assim como “testemunhos de pessoas que estavam no local, além de mensagens de texto”.

No processo contra o tabloide, Depp quer 200 mil libras, além de 10.528 libras em custos legais.

O caso

A ação faz referência a uma briga entre Amber e Johnny que aconteceu em 21 de maio de 2016. Heard acusou o seu então marido de atirar um celular contra seu rosto. Ela também afirma que, em 21 de abril de 2016, ele jogou uma garrafa de champagne contra a parede e uma taça contra ela.