Johnny Depp nega agressão à ex-esposa: ‘Pareço burro, mas não sou’

  • Por Jovem Pan
  • 03/10/2018 09h25
GREG WILLIAMS/GQJohnny Depp é capa da revista GQ UK deste mês

Johnny Depp falou mais uma vez sobre as acusações de sua ex-mulher Amber Heard de que ele foi abusivo durante o relacionamento. O caso ganhou proporção a partir do processo de divórcio, em 2016, quando Heard divulgou fotos mostrando um hematoma no rosto. Depp sempre negou ter cometido violência doméstica. O ex-casal chegou a um acordo neste ano.

Em entrevista à GQ do Reino Unido, o ator afirmou que uma foto deletada mostrava que Amber nunca teve marcas em seu rosto após acusá-lo de ter atirado um telefone celular em seu olho.

“Ela estava em uma festa no dia seguinte. Seu olho não estava fechado. Ela usou seu cabelo na frente do olho, mas dava para ver. Como que eu a acertaria se estava a 8 metros de distância dela? E isso seria, diga-se de passagem, a última coisa que eu faria. Eu posso parecer burro, mas não sou burro, p**ra”, disse.

Ataque à revista

Johnny Depp também não se segurou para criticar reportagem do começo deste ano da revista Rolling Stone – que dizia que o ator estava com problemas financeiros sérios e uma dependência ao álcool.

Dizendo que a reportagem foi “uma farsa”, ele reforçou: “[o jornalista] chegou com apenas uma intenção em mente. E eu consegui perceber, mas pensei que talvez pudesse fazê-lo entender, saber?”.

“Eu confiava no que a publicação acredita – ou pelo menos acreditava. Eu queria que Jann [Wenner, co-fundador da revista], se ele pudesse escrever, conseguiria colocar as coisas em perspectiva. Só isso, colocar as coisas em perspectiva”, concluiu.