Cantor de k-pop causa revolta ao dizer que está com Covid-19 no Dia da Mentira

Kim Jae-joong, de 34 anos, pediu desculpas após brincadeira sobre doença provocada por coronavírus

  • Por Jovem Pan
  • 01/04/2020 13h39
Reprodução/InstagramKim Jaejoong foi criticado nas redes sociais após brincadeira que buscava, segundo ele, sobre a gravidade do coronavírus

Kim Jaejoong, integrante do grupo de k-pop JYJ, pediu desculpas após anunciar, na noite de terça (31), que estava com Covid-19. O artista disse que fez uma pegadinha para o 1º de abril, o Dia da Mentira.

Em texto publicado no Instagram, Jaejoong justificou que sua ideia era conscientizar as pessoas sobre a gravidade do coronavírus.

“Estou ciente de que fiz algo que não deveria ter feito. Quero pedir sinceras desculpas para as pessoas que sofreram com a Covid-19.  Não foi certo, eu sei disso. Só queria passar a mensagem de que devemos ficar atentos ao risco e não minimizar o número de vítimas”, disse o cantor.

A mentira foi criticada nas redes sociais e na imprensa internacional. Com uma foto, Jaejoong afirmou ontem que estava com coronavírus após ser descuidado com o isolamento social.

“Estou infectado com o novo coronavírus. Foi um descuido meu, que fiquei ignorando tudo o que tinham me alertado, tanto o governo como as pessoas ao meu redor. O impacto das ações individuais na sociedade como um todo é tão grande. Peço desculpas àqueles que infectei”, escreveu anteriormente.