Leo Dias diz que tem o salário 4x menor que o de Fabíola Reipert e não precisa do SBT

  • Por Jovem Pan
  • 02/07/2019 20h01
Jovem PanLeo Dias participou do Pânico nesta terça-feira (2)

O jornalista Leo Dias comentou, em entrevista ao Pânico nesta terça-feira (2), sua participação no programa “Fofocalizando“, do SBT, no qual é um dos comentaristas. Ele explicou que só está na emissora porque é feliz lá, mas que recebe menos do que em outros empregos e do que outros colunistas na TV.

“Eu não preciso de SBT, estou lá porque quero e sou feliz”, disse. “No dia em que o SBT não quiser mais, tchau. Eu não vou deixar de ser o Leo Dias”, continuou.

A atração da emissora paulista chegou a ter boas médias de audiência, mas recentemente está em queda. Além disso, os desentendimentos no elenco não são raros. Mara Maravilha já foi afastada do programa, enquanto Leo e Lívia Andrade já discutiram no ar e fora do ar.

Nesta terça aconteceu outra polêmica: uma entrevista de Dias com Antonia Fontenelle foi barrada no “Fofocalizando”. Segundo a atriz, foi Lívia Andrade quem pediu para que a entrevista não acontecesse. O SBT, no entanto, emitiu um comunicado dizendo que a decisão foi da direção do programa.

Salário

Ainda no Pânico, Leo Dias revelou que a emissora de Silvio Santos não é quem o paga mais. “Eu ganho mais no Uol do que no SBT”, afirmou, lembrando que consegue escrever sua coluna para o portal de qualquer lugar, enquanto precisa estar no estúdio para o “Fofocalizando”. “Eu sou cobrado diariamente no SBT, julgado diariamente por milhões de pessoas”, disse.

Ele ainda contou que o seu salário é quatro vezes menor do que o de Fabíola Reipert, da Record, que é uma de suas principais concorrentes. Quando o apresentador ficou fora do “Fofocalizando” por uma semana, o ex-diretor da atração, Caco Rodrigues, tentou trocá-lo pela colunista. “Ele ligou para a Fabíola Reipert achando que teria dinheiro para contratá-la”, contou.