Luisa Mell diz ter recebido ameaças de morte: ‘Queriam me matar e roubar os animais’

  • Por Jovem Pan
  • 20/02/2019 16h20
Jovem PanLuisa Mell relatou ter sofrido ameças de morte nesta terça-feira (19)

A ativista Luisa Mell passou por momentos de apuros na noite desta terça-feira (19). Ela usou o Instagram para relatar que sofreu ameaças de morte durante uma tentativa de invasão a um centro de triagem que ela está usando para separar animais resgatados por seu instituto. “Os criadores queriam me matar, invadir e roubar os animais”, afirmou.

Luisa Mell teve de sair escoltada pela polícia militar. Depois, ela relatou detalhes do que aconteceu. “Tentaram invadir nosso centro de triagem, lugar em que separamos os animais que vão para abrigos, eles tão querendo me linchar, me matar, acabar com nosso trabalho de qualquer maneira”, denunciou a ativista, que resgata animais, principalmente cães de raça, que são reproduzidos e criados em péssimas condições para revenda.

“A gente já tem mais provas, vocês não sabem das barbaridades que aconteciam naquela exploração terrível. Vocês podem fazer o que vocês quiserem, nunca vão conseguir calar a minha voz, a minha voz já se disseminou, muitas pessoas também falam a mesma coisa e estão nessa luta”, desabafou a ex-apresentadora.

Recentemente, Luisa Mell e sua ONG resgataram 1.500 animais de raça em um cativeiro na cidade de Piedade, no interior de São Paulo.