Meryl Streep acusou Dustin Hoffman de pegar em seus seios em 1979

  • Por Jovem Pan
  • 06/11/2017 16h41
ReproduçãoMeryl Streep e Dustin Hoffman em "Kramer vs. Kramer"

Em meio às acusações de assédio sexual contra Dustin Hoffman, mais uma história veio à tona sobre o comportamento abusivo do ator no passado. O site Slate recuperou uma entrevista de 1979 em que Meryl Streep diz que o ator tocou em seus seios na primeira vez em que se encontraram.

Conforme Streep contou na entrevista de 38 anos atrás, o caso aconteceu quando ela foi fazer um teste de elenco para uma peça dirigida por Hoffman. “Ele veio até mim e disse ‘eu sou Dustin – arrotou – Hoffman’ e colocou a mão nos meus seios”, disse a atriz na época. “Que porco desagradável, eu pensei”, falou ainda.

Cerca de 10 anos depois desse primeiro encontro, Meryl Streep e Dustin Hoffman voltaram a se encontrar no set do filme “Kramer vs. Kramer” – produção que rendeu um Oscar aos dois por interpretarem um casal divorciado – e a relação deles continuou perturbada.

Na biografia da atriz, “Her Again: Becoming Meryl Streep”, o autor Michael Schulman diz que Hofmann provocava a Streep falando de seu namorado falecido durante as cenas em que tinha que bater nela. “Se Dustin quisesse usar uma técnica emocional com ela, deveria usar nele mesmo. Não nela”, diz Richard Fischoff, produtor do filme, no livro.

Dustin Hoffman foi acusado de assédio por 2 mulheres. A produtora Anna Graham Hunter disse que foi assediada pelo ator quando trabalhava como estagiária no set do filme “A Morte do Caixeiro Viajante” – na época ela tinha 17 anos. A roteirista Riss Gatsiounis também acusou o ator de assédio de caso que aconteceu em 1991.