Morre ator ucraniano que se juntou ao exército para lutar contra a Rússia na guerra

Pasha Lee tinha 33 anos e estava na linha de frente quando houve um bombardeio russo em Irpin

  • Por Jovem Pan
  • 07/03/2022 12h15 - Atualizado em 07/03/2022 12h20
Reprodução/Instagram/pashaleeofficial Pasha Lee Pasha Lee entrou para o exército para lutar pela Ucrânia na guerra contra a Rússia

O ator ucraniano Pasha Lee morreu neste último domingo, 6, aos 33 anos, em meio a um bombardeio russo na cidade de Irpin, que fica próxima a Kiev, capital da Ucrânia. O artista estava servindo o exército e foi colocado na linha de frente para defender seu país. A morte de Pasha foi confirmada nas redes sociais do Festival Internacional de Cinema de Odesa. Na publicação, foi ressaltado que o ator decidiu se juntar às Forças Armadas da Ucrânia “para proteger o país dos ocupantes russos”. Além de atuar, o astro ucraniano era cantor, compositor e dublador.

No cinema, ele esteve no elenco de “Shtolnya” (2006) e “Shadows of Unforgotten Ancestors” (2013), ambos do diretor Lyubomyr Levytsky, e também participou dos filmes “The Fight Rules” (2016) e “Meeting of classmates” (2019). Em nota, o Festival de Odesa pediu um boicote ao cinema russo e fez pedido de ajuda: “Apelamos à comunidade mundial para ajudar a Ucrânia na luta contra a Rússia e para parar a guerra”. A atriz ucraniana Anastasiya Kasilova lamentou a morte do amigo nas redes sociais: “Pasha Lee morreu defendendo a Ucrânia da invasão russa. Nunca vou perdoar”.