‘Nenhum filho vai substituir esse que estou carregando’, diz youtuber Camila Monteiro

Influencer descobriu uma gravidez tubária, que é quando o feto fica fora no útero

  • Por Jovem Pan
  • 26/01/2021 11h04
Reprodução/Instagram/camilamonteiroA youtuber Camila Monteiro chorou ao falar da gravidez

A youtuber Camila Monteiro fez um desabafo nas redes sociais na noite de segunda-feira, 25, após descobrir uma gravidez tubária, um tipo de gravidez ectópica na qual o feto fica fora no útero, nesse caso, nas tubas uterinas. Quando isso acontece, não é possível seguir com a gravidez. Após explicar que o bebê não conseguirá sobreviver e que ela terá retirar as trompas, pois se não fizer isso pode ter uma hemorragia interna, Camila chorou e disse que será difícil superar essa perda. “Isso é um pesadelo. Eu não me conformo. Meu Deus, que dor. Eu fico pensando por que comigo? Eu fiz exame, estava tudo certo com meu corpo. Nenhum filho vai substituir esse que estou carregando, isso não existe, eu perdi um bebê e não tem nada no mundo que vai trazer ele de volta, eu posso ter 10 filhos. A gente não pode invalidar a dor de uma mulher achando que é só colocar outro bebê que está tudo certo.”

A expectativa para a chegada da criança já estava grande e Camila tinha feito algumas compras e estava organizando o chá revelação. “Esse bebê foi tão querido, tão amado, tão desejado. Comprei carrinho, cadeirinha, um monte de coisa para o chá revelação”, comentou a youtuber que, junto com o pai da criança, Carlos Henrique Parra Rebolo, decidiu dar um nome a ela. “A gente decidiu dar um nome para o bebê e, como a gente não sabe se é menino ou menina, a gente estava procurando um nome neutro. Escolhemos Bless, que em inglês significa ‘benção’. É isso o que esse bebê é, ele veio para trazer um grande livramento na minha vida.” A youtuber falou que não se arrepende de ter engravidado e que, mesmo com a dor, passaria por tudo novamente.