Pintora de quadro rabiscado por Carlinhos Maia lamenta: ‘Feriu minha alma’

  • Por Jovem Pan
  • 29/10/2019 08h57 - Atualizado em 29/10/2019 09h43
Reprodução/Instagram

A artista Lau Rocha, responsável pelo quadro que Carlinhos Maia resolveu rabiscar por cima, quebrou o silêncio e publicou desabafo nas redes sociais.

O humorista, quando estava hospedado em hotel em Aracaju, pediu autorização do hotel, segundo ele, para desenhar um rosto na pintura que estava em seu quarto. Ele foi muito criticado nas redes sociais e, agora, a pintora resolveu falar a respeito.

“Com tristeza e indignação, recebi a notícia de que uma das minhas obras foi vandalizada e exposta em uma rede social, por pessoa que aparenta ter influência na juventude deste país”, lamentou.

Ela reforçou que “foi um choque ver o descaso da pessoa em questão pelo meu sentimento expressado na obra, que é o patrimônio moral do artista”. “Não autorizei a vandalização, que feriu minha alma e me expôs de maneira absolutamente constrangedora”, completou.

Lau Rocha ainda disse que espera que a situação “sirva de exemplo” para “se aprender sobre respeito e dignidade”.

Confira abaixo o depoimento completo:

View this post on Instagram

Com tristeza e indignação, recebi a notícia de que uma das minhas obras foi vandalizada e exposta em uma rede social, por pessoa que aparenta ter influência na juventude deste país. Venho de uma família de que possui a expressão do belo como manifestação do caráter e foi um choque ver o descaso da pessoa em questão pelo meu sentimento expressado na obra, que é o patrimônio moral do artista. Não autorizei a vandalização, que feriu minha alma e me expôs de maneira absolutamente constrangedora. Espero que este episódio sirva de exemplo para se aprender sobre respeito e dignidade, sob pena de estarmos num caminho de desumanização muito perigoso para essa juventude que espera ações responsáveis daqueles que conquistam projeção midiática. Estou tomando as providências legais para reparação do dano e para que se compreenda que há um limite para a banalização da arte, que creio ser uma das mais importantes formas de transformação social. Agradeço a todas as manifestações de afeto e asseguro que permanecerei realizando o meu propósito de embelezar este mundo com arte. Muito obrigada. Lau Rocha

A post shared by Lau Artes (@laudice_rocha) on