Rapper T.I. diz que acompanha filha ao médico para checar se ela ainda é virgem

  • Por Jovem Pan
  • 07/11/2019 07h35
Reprodução/FacebookT.I. deu declaração polêmica sobre a filha

T.I. deu uma declaração polêmica. O rapper afirmou que não vê problemas em discutir sobre sexo com a sua filha Dyjah Imani Harris, de 18 anos, mas não quer que ela se envolva sexualmente com ninguém ainda. Para garantir, ele a acompanha ao ginecologista todo ano para ter certeza de que ela é virgem.

Em entrevista ao podcast “Ladies Like Us”, ele disse: “Eu vou dizer que, aos 18 anos, seu hímen ainda está intacto. Deyjah só tem 18 anos, se formou na escola e vai para seu primeiro ano da faculdade, se descobrindo. E sim, nós conversamos [sobre sexo] e vamos anualmente ao ginecologista para checar seu hímen”.

Ele ainda contou que a “tradição” acontece sempre no dia seguinte ao aniversário da garota, desde que ela completou 16 anos. “Nós vamos e o médico vem, todo profissional, dizendo que para manter o profissionalismo ele precisa da permissão da paciente”, relembrou, ao dizer que sempre questionou se a filha “tinha algo a esconder dele”.

O médico explicou que há outras formas de romper o hímen além do ato sexual, mas T.I. foi direto: “Seguinte, doutor, ela não anda a cabalo, não anda de bicicleta e não pratica esportes. Apenas cheque o hímen e me dê o resultado”.

Nas redes sociais, a postura do astro foi muito criticada, sendo acusado de machismo e de ser um pai muito controlador.

O rapper, que frequentemente fala de sexo em suas letras, considera que a garota vai agradecer a “proteção” dele quando for mais velha: “As crianças sempre agradecem aos pais por não permitirem que eles se prejudiquem”.

T.I. é pai também de heiress, de 3 anos, Messiah, de 19, Domani, 18, Clifford, 15, e Major, de 11.