Relembre as brigas e polêmicas entre famosos que agitaram a internet em 2021

Discussão na família de Gabriel Medina, polêmica nos bastidores de ‘Verdades Secretas 2’ e clima quente entre Tatá Werneck e Fiuk foram alguns dos grandes atritos do ano

  • Por Jovem Pan
  • 30/12/2021 08h00
Reprodução/Instagram Fiuk, Luísa Sonza, Yasmin Brunet e Camila Queiroz Fiuk, Luís Sonza, Yasmin Brunet e Camila Queiroz se envolveram nos maiores barracos de 2021

Por mais que os famosos digam que detestam um barraco, todos os anos uma série de brigas e polêmicas agitam a internet e colocam até fãs em pé de guerra. Seja dentro do núcleo familiar, com outras personalidades ou até em discussões com seus empregadores, atritos entre atores, esportistas e influenciadores movimentam o “show business” ano após ano. Em 2021, é claro, não foi diferente. A Jovem Pan separou algumas das brigas e polêmicas entre famosos que mais abalaram as redes sociais no ano que se despede em breve. Confira!

Luísa Sonza x Whindersson Nunes

Após as polêmicas sobre o fim do do relacionamento do casal em 2020, Luísa Sonza e Whindersson voltaram a protagonizar atritos na internet em 2021. Em maio, a cantora rebateu seguidores que disseram que ela teria traído o comediante. O piauiense, por sua vez, esclareceu o ocorrido após um ano, afirmando que a cantora não o traiu durante o relacionamento e que havia sido ele quem optou por terminar a relação. Entretanto, Whindersson disse não ter visto ataques sendo feitos contra sua ex-companheira. Durante a noite, Luísa voltou às redes, disse que vinha sendo vítima de ataques havia mais de um ano, contou que desenvolveu “ataque de pânico” e que sua “família está sofrendo”. A relação dos dois voltou à tona depois que Luísa foi acusada de ser responsável pela morte do filho de Whindersson. “Pelo amor de Deus, parem com essa história, ninguém aguenta mais, gente! Ninguém aguenta mais. Pelo amor de Deus”, pediu a artista em vídeo sobre o assunto. Em entrevista ao PodCats, Whindersson comentou sobre a música “Penhasco”, na qual sua ex-companheira deixa subentendido que ele a teria, figurativamente, “empurrado de um penhasco”.

Juliana Paes x Samantha Schmütz

A polarização política atingiu em cheio a classe artística e até dividiu famílias como a de Bruno Gagliasso, que viu a relação com o irmão Thiago, eleitor de Jair Bolsonaro, estremecer. Em 2021, foi a vez de as atrizes Juliana Paes e Samantha Schmütz, que contracenaram na novela “Totalmente Demais”, se distanciarem. Instada por Samantha a se posicionar contra o governo de Jair Bolsonaro, sobretudo por causa das ações do Palácio do Planalto durante a pandemia, Juliana negou ser “bolsominion”, mas também criticou os “delírios comunistas” da oposição. “Cara colega. Apesar de ter sido acusada de covarde, desonesta e criminosa, me dispus a te responder pelas cenas em que me emocionei ao seu lado. Fui a primeira a pedir que as pessoas ficassem em casa, quando você não estava tão preocupada, mas agora não me sinto no direito de pedir que as pessoas fiquem sem trabalhar. Você critica a minha escolha de não militar, escolhendo um dos lados. Estamos vivendo um dos momentos mais nebulosos da história. Ou você morre de fome, ou de vírus. Aqui, todo e qualquer assunto é politizado. É um maniqueísmo imaturo. Eu tenho críticas severas a esse que nos governa. Por outro lado, tampouco quero que governe essa oposição que se insinua”, disse a intérprete de Bibi Perigosa. Juliana Paes não citou nenhum nome, mas respostas subsequentes de Samantha deixaram claro para quem era a mensagem.

Camila Queiroz x Globo

Outra grande briga de 2021 foi entre a atriz Camila Queiroz e a direção da Rede Globo por conta da saída da atriz da novela ‘Verdades Secretas 2’. De acordo com a artista, a emissora mudou o final da série e de sua personagem, Angel, para puni-la por uma exigência de readequação de contrato feita por Camila em 2020. “A atriz deixa claro seu amor e imensa gratidão pela personagem e pelos fãs da Angel, bem como lamenta junto a eles a decisão unilateral da emissora de interromper de forma abrupta a história construída até aqui, sem poder dar à ela o final que merecia”, afirmou Camila em um comunicado. O jornalista Léo Dias chegou a publicar que a atriz teria inventado desculpas para não gravar e que isso teria motivado sua saída, o que foi desmentido pela equipe da profissional. Após a polêmica, a Globo afirmou que não irá acionar a Justiça contra a atriz. Camila foi cortada da vinheta de fim de ano da emissora, mas seguiu no amigo secreto do “Fantástico”.

Tatá Werneck x Fiuk

O cantor e ex-participante do BBB 21 Fiuk polemizou ao falar sobre sua participação no programa “Lady Night”, apresentado por Tatá Werneck. Em suas redes sociais, o filho de Fábio Júnior falou sobre as perguntas feitas pela apresentadora, dizendo que algumas coisas não estavam no roteiro combinado e que ele teria ficado sem graça com a situação. “A gente tinha combinado algumas coisas antes do programa, feito um roteiro e tal. Então, ali na hora do ao vivo, normal, acabou saindo um pouco do roteiro, vieram algumas perguntas que a gente não tinha combinado, acabei ficando um pouco sem chão. Eu fiquei sem graça. Na hora, não soube como agir”, explicou Fiuk. A apresentadora, por sua vez, rebateu o cantor, dizendo que não possui roteiro em seu programa, apenas pergunta quais assuntos devem ser evitados. “Para quem possa interessar: eu não combino roteiros com ninguém no programa. Eu explico quadros e pergunto sobre que assunto não posso falar. Ponto”, disse Tatá, que continuou: “Eu não combinei roteiro nenhum! Eu perguntei sobre o que não poderia falar. Ele me disse. Depois, avisei: vou falar de BBB. Vou zoar cigarro. Vou falar de Juliette. E um dia antes saiu que ele estava namorando e a assessoria confirmou”.

Simone Medina x Yasmin Brunet

Outra briga que marcou 2021 aconteceu na família de Gabriel Medina, envolvendo sua mãe, Simone, e sua companheira, Yasmin Brunet. A relação já estremecida do casal com a família do surfista piorou depois que foram divulgados prints nos quais Simone comparava Yasmin a uma atriz pornô e revelou ter um vídeo da modelo mantendo relações com outro homem. As falas de Simone motivaram a publicação de um vídeo de Yasmin desmentindo as acusações. “Quero me manifestar sobre algumas notícias que saíram essa semana. Uma delas diz que existiria um vídeo íntimo meu em posse uma familiar do meu marido. Essa informação não procede. Não existe tal material. E nunca existiu. No entanto, eu preciso ressaltar que, mesmo que existisse, é lamentável querer diminuir uma mulher por exercer sua sexualidade”, afirmou.

Divisão de convidados na festa de Deolane Bezerra

Outra famosa que se envolveu em polêmicas foi a influenciadora Deolane Bezerra. Durante sua festa de aniversário, a viúva de MC Kevin polemizou ao supostamente dividir os convidados entre celebridades e anônimos. O evento aconteceu em São Paulo, na noite do dia 3 de novembro. Pessoas que foram ao local apontaram para a separação dentro da comemoração. Depois do evento, Deolane utilizou as redes sociais para explicar o mal entendido, afirmando que não existia uma divisão, mas, sim, um espaço exclusivo para os amigos mais próximos. “Não tinha divisão nenhuma, apenas um lugar para mim e os meus amigos mais próximos, porque eu fiz uma festa para 500 pessoas e tinham 1.500. Nós também queríamos nos divertir, e não ficar tirando foto a noite inteira”, explicou a influenciadora. Mesmo com a polêmica, a advogada assegura que aproveitou o evento.