Sem contrato com a Globo, Viviane Araújo diz que não aceitaria trabalhar em outra emissora

  • Por Adriano Sarafim/Jovem Pan
  • 21/08/2017 14h54 - Atualizado em 21/08/2017 15h04
A atriz está no teatro com a peça "Lili Carabina", de Aguinaldo Silva

Viviane Araújo é uma das queridinhas de Aguinaldo Silva e está escalada para a novela “O Sétimo Guardião”, que acabou sendo adiada para 2019. Com contrato com a Globo por obra, a atriz atualmente está fora da emissora carioca, se dedicando apenas ao teatro com a peça “Lili Carabina”. Em entrevista a Jovem Pan, a bela disse que nunca passou pela sua cabeça fazer novela em outra emissora como a Record, mas que se recebesse o convite, provavelmente não aceitaria nesse momento.

“Isso ainda não me passou pela cabeça, mas acredito que não (aceitaria). Já estou reservada para a novela do Aguinaldo Silva”, contou.

Mesmo sem ter nenhuma novela no horizonte no momento, Vivi contou que pretende se dedicar a sua empreitada no teatro, com viagens pelo Brasil e também no exterior em 2018.

“Ainda não, estou só com o projeto do momento que é o espetáculo Lili Carabina, onde estou em cartaz no Teatro Jaraguá até novembro. A novela do Aguinaldo agora é apenas para novembro de 2019. Acredito que ano que vem vamos viajar pelo Brasil com a Lili, temos algumas apresentações fora do país também em Portugal”, apontou.

Focada totalmente na carreira e adiando o desejo de ser mãe, Araújo aproveitou para agradecer o carinho que Aguinaldo a trata e também relembra dos bons momentos que viveu ao lado do ator Aílton Graça em “Império”, quando emocionaram os telespectadores com seus personagens.

“Aguinaldo é uma pessoa muito importante na minha carreira. Acreditou em mim, no meu trabalho e me deu a oportunidade de mostrar o meu lado atriz”, disse. “Outra pessoa importante foi o Aílton Graça e ele me ajudou bastante. Fizemos uma parceria muito boa e deu certo por isso, tínhamos um entrosamento e ele me ajudava bastante”, completou.