Sertanejo Gusttavo Lima é indiciado por crime ambiental

  • Por Jovem Pan
  • 28/02/2018 12h05
Reprodução/InstagramO sertanejo nega que foi indiciado e diz que enviou os documentos para a Polícia Civil para esclarecer o caso

Gusttavo Lima se envolveu em mais uma polêmica. Nesta quarta-feira (28), a Polícia Civil indiciou o sertanejo e mais três pessoas por crime ambiental. De acordo com o delegado Luziano de Carvalho, o artista aumentou a represa de uma fazenda no qual é proprietário em Bela Vista de Goiás sem ter licença para a obra.

Em nota enviada para a imprensa, a assessoria do cantor garante que ele não foi indiciado e que toda a documentação necessária foi entregue ao delegado titular do inquérito. As obras estão paralisadas até que tudo seja esclarecido.

“Há de se constatar por perícia que não houve nenhum tipo de dano ambiental e sim uma limpeza em área permitida”, diz o comunicado.

Na última semana, o cantor apareceu nos Estados Unidos fazendo disparos com um fuzil e declarando apoio a Jair Bolsonaro nas Eleições de 2018.