Valesca Popozuda revela gratidão a Catra: ‘Sempre fui uma filha para ele’

  • Por Jovem Pan
  • 12/09/2018 11h42 - Atualizado em 12/09/2018 11h42
Reprodução/InstagramValesca Popozuda e Mr. Catra eram amigos de longa data

Valesca Popozuda, durante entrevista ao Morning Show nesta quarta-feira (12), lembrou com carinho do amigo Catra, que morreu vítima de um câncer no último domingo. A funkeira revelou que foi pega de surpresa com a notícia: “dei um grito”.

“Conversamos por telefone e ele estava super confiante, nós também, a família toda. Estava chegando de viagem e, com essa mania de Instagram, vi [a notícia] e dei um grito ‘Catra morreu’, não aguentei”, contou.

Muito grata a todo apoio recebido em sua carreira, Valesca cobriu Catra de elogios: “são várias histórias que passei com o Negão, posso dizer que no começo, foi quem me estendeu a mão, disse que acreditava quando muita gente não acreditava, convidou para abrir shows e assim foi ao longo dos anos. Sempre fui uma filha para ele”.

Valesca ainda brincou sobre rumores de que teria tido um caso com o funkeiro: “não tinha como, sou muito ciumenta”. O lifestyle de Catra – que tinha três esposas -, inclusive, foi defendido por ela: “ele podia fazer o que quisesse, nenhuma dessas mulheres falou mal dele, 36 filhos, nenhuma chegou a dizer que deve pensão, ele podia tirar essa onda”.