Fontenelle chama Bahls de “burra”, Anitta de “chata” e Graciele de “sem vergonha”

  • Por Jovem Pan
  • 29/02/2016 14h53
Reprodução/Instagram Antonia Fontenelle

Ao participar do quadro “Rede da Fama”, no programa da Eliana, Antonia Fontenelle mostrou que se existe algo que ela não tem são papas na língua. Questionada se aceitaria Nicole Bahls, Graciele Lacerda, Anitta e Fávia Alessandra em sua rede social, a atriz e apresentadora não poupou críticas: chamou a ex-panicat de “burra”, Graciele de “sem vergonha”, Anitta de “chata” e a atriz da Globo de “energia truncada”.

Para quem não se lembra, Antonia Fontenelle e Nicole Bahls protagonizaram um barraco em 2014, por causa de Emerson Sheik, que chegou a namorar com as duas. Após a morte de Marlos Paulo (em 2012), ele foi o primeiro relacionamento assumido pela apresentadora. “Ninguém causou discórdia, porque a Nicole é burra e eu não gosto de gente burra. Eu não tenho diálogo com a Nicole, não tenho o que trocar com a Nicole”, disse Fontenelle sobre a questão.

Ainda no programa da Eliana, ao vivo, ela não escondeu o que pensa de Anitta, apesar de ser fã do trabalho da cantora. “Eu sei separar quem é um bom profissional e quem é legal. De fato, como pessoa, ela não me entra, é uma pessoa chata. E ela tem o mesmo direito de achar isso de mim também. Já entrevistei a Anitta em um programa de rádio, ela não olhava no meu olho, evitava responder as perguntas que eu fazia, então, você percebe que é recíproca a coisa”, comentou Antônia.

Quem levou a carga pesada foi Graciele Lacerda, namorada do cantor Zezé Di Carmargo. No último Carnaval, ela desfilou na Imperatriz Leopoldinense, escola cujo enredo era uma homenagem à dupla sertaneja. Para Antônia Fontenelle, a participação da jornalista capixaba foi absurda, considerando que por causa da cronologia mal contada há quem acredita que ela já estava com Zezé antes de ele se separar da Zilu.

“ Como mulher, eu me reportei naquele momento, dei uma de Luana Piovani. Nem deveria, porque eu não tenho nada a ver com isso. Mas também não me arrependo, não. Como uma mulher se presta a isso? Essa é a minha pergunta como mulher. Tem que se dar o respeito. A homenagem era para o Zezé. E Zezé cresceu com a Zilu. Então, é uma questão de gratidão e respeito. Se eu fosse namorada do Zezé, na atual circunstância, que levou nove anos para apresentar, eu, como mulher, jamais iria me meter numa história dessa. Ficaria em casa, por respeito a mim”, disse Fontenelle.

Por fim, sobrou para Flávia Alessandra, com quem ela está em uma batalha judicial pela herança de Marcos Paulo. “Essa energia truncada. Eu não vou nem falar. Jamais adicionaria. Não posso nem dizer que isso é passado porque ela faz questão de aparecer na minha vida”, disparou a apresentadora.