Goleada de tristeza: relembre famosos que morreram desde o 7 a 1

  • Por Jovem Pan
  • 06/07/2015 13h57
Desde o 7 x 1

Muitas coisas mudaram desde que a Alemanha goleou o Brasil na semi-final da Copa do Mundo 2014. E, infelizmente, muitas personalidades faleceram. Enquanto Müller marcava o primeiro gol do vexame histórico, Antonio Abujamra ainda fazia entrevistas influentes no “Provocações” da TV Cultura e o Ken Humano começava a aparecer na mídia brasileira. Relembre 7 famosos que morreram desde então.

1.Robin Williams † 11 de agosto de 2014

Sempre com papéis engraçados e comoventes nos cinemas, o astro de Hollywood foi encontrado morto em agosto de 2014. Foi noticiado, então, que ator sofria de depressão e alcoolismo para surpresa dos fãs acostumados com personagens alegres de Williams, como em “Patch Adams: O Amor é Contagioso” (1998).

2. Nicolau Sevcenko † 13 de agosto de 2014 
O historiador, brasilianista e professor da USP Nicolau Sevcenko morreu em agosto de 2014. Em 1999, o acadêmico venceu o Prêmio Jabuti com o livro “História da vida privada no Brasil”. Outra obra importante do professor, que estudou e lecionou em Harvard, foi “A Corrida para o Século XXI”, livro em que compara a saída do século 20 para o seguinte com a excitação do loop de uma montanha russa: é animador, mas é preciso cuidado. A virada do século, alertava em 2001, não seria capaz de resolver as desigualdades sociais. 

3. Inezita Barroso † 8 de março de 2015
Música, apresentadora e pesquisadora da cultura caipira, Inezita Barroso morreu em março de 2015 em decorrência de insuficiência respiratória. Após se formar em biblioteconomia pela USP, a artista percorreu o Brasil resgatando histórias e canções, sobretudo no interior paulista. Com sessenta anos de carreira, Inezita gravou mais de 80 álbuns e ficou mais de 35 anos à frente do programa “Viola Minha Viola”, da TV Cultura. 

4. Antônio Abujamra † 28 de abril de 2015
O entrevistador, roteirista, diretor e provocador Antônio Abujamra morreu após um ataque cardíaco em abril de 2015. O artista foi saudado por mais diferentes atores e atrizes, além de jornalistas, já que foi um grande teatrólogo passando em diferentes áreas, como crítica, roteiro, direção e iluminação. Abu, como era chamado carinhosamente, também participou de novelas como ator. 

5. Eduardo Galeano † 13 de abril de 2015
O escritor uruguaio Eduardo Galeano faleceu aos 74 anos em abril de 2015 em Montevidéu. Entre as principais obras de Galeano está “As Veias Abertas da América Latina”, livro lançado em 1971 em que o historiador relata como a exploração econômica na América ajudou a enriquecer a Europa sem grandes contra-partidas para os países locais que continuaram pobres e miseráveis. 

6. B.B King † 14 de maio de 2015
O Rei do Blues passava por um tratamento de desidratação devido à diabtes, mas não resistiu. Morreu em maio de 2015 deixando a querida Lucille, como chamava a guitarra, viúva. O artista faturou mais de 16 trofeus Grammy ao longo da carreira e gravou mais de 50 discos com seus característicos solos de guitarra.

7. Ken Humano † 4 de junho de 2015
O jovem modelo Celso Santebañes não resistiu ao tratamento de câncer e morreu aos 20 anos. O mineiro, conhecido por tentar imitar o boneco plástico namorado da Barbie, protagonizava diversos barracos virtuais envolvendo o pioneirismo de imitação do personagem.