“Hollywood deveria ter uma cota de filmes para minorias”, afirma Tim Roth

  • Por Efe
  • 03/02/2016 17h40

Tim Roth questiona falta de oportunidades para atores negros

Tim Roth

Em plena polêmica causada pela falta de diversidade entre os indicados ao Oscar, o ator Tim Roth, de “Cães de Aluguel” e “Os Oito Odiados”, afirmou em entrevista à Agência Efe que em “Hollywood deveria ter uma cota de filmes para minorias”.

“Há um problema de diversidade nos prêmios Oscar, certamente, mas a raiz dessa situação se encontra na própria indústria. Temos esse debate todos os anos. Desta vez, as pessoas estão indo até o fundo da questão e isso vai fazer com que as coisas melhorem, pois já provocou novas regras”, refletiu.

Indicado ao Oscar de melhor ator coadjuvante em “Rob Roy: A Saga de uma Paixão”, em 1995, o ator britânico de 54 anos afirmou que “deve haver diversidade nas direções dos estúdios e nos filmes, uma uma cota de filmes para negros e minorias”.

“Deveria haver uma discriminação positiva. Os estúdios deveriam ser obrigados por lei a fazer um número determinado de filmes assim. Seria muito útil”, declarou.

Roth é figura habitual dos filmes de Quentin Tarantino, com quem já gravou “Cães de Aluguel”, “Pulp Fiction: Tempo de Violência”, “Grand Hotel” e recentemente “Os Oito Odiados”.

A 88ª cerimônia dos prêmios Oscar da Academia de Hollywood será realizada no dia 28 de fevereiro em Los Angeles e terá como mestre de cerimônias o comediante Chris Rock.