Jean Wyllys defende o BBB: “quem não curte não comenta e ponto”

  • Por Jovem Pan
  • 10/01/2014 09h33

Político venceu a quinta edição do reality

Jean Wyllys defende o BBB: “quem não curte não comenta e ponto”

Jean Wyllys, deputado federal pelo PSOL do Rio de Janeiro, usou seu perfil do Facebook para defender o Big Brother Brasil e criticar as pessoas que julgam o programa (e seus participantes). Vencedor da quinta edição do reality, o baiano afirmou que esse “ódio” pode ser “inveja” de quem não tem coragem de participar de uma experiência do tipo. 

“Basta que se iniciem as chamadas do BBB para que o Facebook seja invadido por postagens criticando/atacando o programa, anunciando que não se assistirá ao reality show e/ou ameaçando de exclusão os ‘amigos’ que venham a comentá-lo. Nada mais contraditório! Essas pessoas passam o ano inteiro expondo suas entranhas no Facebook (da foto no espelho da academia às férias em família, passando pelo prato que comem todo dia e seus conflitos pessoais); dando detalhes minuto a minuto de suas ações e se envolvendo em bate-bocas com os ‘amigos’ virtuais pelos motivos mais banais, mas, quando chega janeiro, arvoram-se a detonar o BBB pelo ‘excesso de intimidade que aquelas pessoas expõem’. Ora, excesso de intimidade exposta acontece mesmo é no Facebook, meus caros”, escreveu. 

“Então, pessoas em questão, parem para pensar só um pouquinho: é contraditório para não dizer hipócrita essa patrulha contra o BBB! Quem não curte não comenta e ponto (e respeita quem curte, afinal, BBB é tão entretenimento quanto série americana e campeonato de futebol)! Quando se anuncia muito o desprezo por algo, na verdade, o suposto desprezo mascara o valor que se dá esse algo! É preciso se questionar se o ódio ao BBB não esconde, na verdade, uma inveja das pessoas que tiveram a coragem de se lançar numa experiência que dramatiza a exposição da intimidade diária do Facebook. Fica a dica!  Eu leio muito (livros); frequento teatro, cinema e show regularmente; sou parlamentar federal; vou a exposições de artes plásticas; dou aulas e palestras; sou noveleiro confesso; gosto de reality show e não encho o saco de ninguém com patrulhas inúteis e hipócritas! É possível ser muitos e gostar de muitas coisas”, completou.

A declaração do político foi elogiada pela maioria dos internautas.