Johnny Depp cria polêmica ao fazer referência a assassinato de Trump

  • Por Jovem Pan com Agência EFE
  • 23/06/2017 10h01
Fãs ameaçam boicote a "Animais Fantásticos" por Johnny Depp - Reprodução

Johnny Depp criou polêmica na noite da última quinta-feira (22), durante o festival de música Glastonbury, no Reino Unido. Ele perguntou quando foi a última vez que um ator assassinou um presidente, evidenciando que não apoia Donald Trump..

De acordo com a imprensa britânica, Depp perguntou aos presentes ao apresentar o filme “The Libertine”: “Podem trazer Trump aqui?”, provocando os gritos do público presente.

“Quando foi a última vez que um ator assassinou um presidente?”, disse Depp, reconhecendo que seus comentários poderiam causar polêmica.

“Certamente, isto vai aparecer na imprensa e será horrível. Trata-se apenas de uma pergunta, não estou insinuando nada”, acrescentou.

Segundo os meios, os comentários de Depp podem fazer referência ao assassinato do presidente americano Abraham Lincoln em 1865 pelo ator John Wilkes Booth.

Depp não é o primeiro ator americano que faz referência ao possível assassinato do presidente, já que a cantora Madonna disse em Washington que pensava muito sobre explodir a Casa Branca e o rapper Snoop Dogg disparou com uma pistola de brinquedo contra um personagem de Trump em um videoclipe.