Justin Bieber vai à praia no Panamá antes de comparecer à corte nos EUA

  • Por Agencia EFE
  • 25/01/2014 22h28

Cidade do Panamá, 25 jan (EFE).- O cantor canadense Justin Bieber foi neste sábado a um praia do Pacífico panamenho, antes de comparecer na próxima segunda-feira perante um juiz nos Estados Unidos, onde na quinta-feira foi detido e posteriormente posto em liberdade pagando uma fiança.

Vários meios de imprensa panamenhos publicaram neste sábado fotos do astro juvenil nas praias de um hotel de luxo da região de Punta Chame, no Pacífico.

Vestido de bermudas azuis, Bieber aparece em algumas fotos rodeado de guarda-costas, e em outras acompanhado pelo que parecem ser amigos, entre elas uma jovem loira de biquíni.

A emissora “Telemetro” detalhou que “durante sua estadia nas praias de Chame, Bieber bebeu algumas cervejas, se bronzeou e até deu um passeio de jet ski”.

A mesma fonte acrescentou que a estrela juvenil chegou ao Panamá na sexta-feira de noite em um avião particular, na província de Coclé, e de lá foi para Punta Chame.

Bieber causou rebuliço no final de outubro do ano passado no Panamá, onde fez um show cujas entradas esgotaram três meses antes, segundo a empresa promotora do evento.

O cantor canadense foi detido na quinta-feira passada em Miami Beach (Flórida) por dirigir sob a influência de substâncias tóxicas, velocidade excessiva e resistência à autoridade sem violência.

Bieber foi citado a prestar declarações na próxima segunda-feira em um tribunal de Miami para elucidar sobre os níveis reais de álcool que apresentava quando foi detido.

O cantor admitiu aos agentes após sua detenção que tinha fumado maconha, bebido algumas cervejas e ingerido pílulas com prescrição médica antes de ser detido, segundo a Polícia.

Bieber foi liberado algumas horas depois de comparecer perante o juiz por videoconferência e pagar uma fiança de US$ 2.500. EFE