Polícia alemã oferece recompensa milionária por informações sobre roubo de museu

Ladrões roubaram a coleção de joias reais do museu Grünes Gewölbe, em Dresden, na Alemanha

  • Por Jovem Pan
  • 28/11/2019 16h34
EFE/EPA/DAVID BRANDTColeção de joias reais do museu Grünes Gewölbe, em Dresden, na Alemanha, foi roubada

A polícia da Alemanha ofereceu uma recompensa de 500 mil euros (R$ 2,33 milhões) para quem der pistas sobre os autores do roubo do museu Grünes Gewölbe, na cidade de Dresden, que aconteceu na madrugada da última segunda-feira (25).

Fontes da corporação e do Ministério Público da capital da Saxônia divulgaram nesta quinta-feira (28) a medida, assim como a criação de uma comissão especial, denominada Epaulette, que é integrada por 40 pessoas, que buscará solucionar o crime.

O roubo aconteceu às 5h (horário local e 1h de Brasília), quando os seguranças do museu alertaram para a presença de estranhos. Cerca de 10 minutos depois, a polícia recebeu um aviso de corte de luz na região, causado pelo incêndio em uma subestação de energia.

A paralisação no fornecimento de eletricidade deixou o museu sem luz, situação que foi aproveitada por pelo menos dois ladrões, que entraram no local por uma janela e, provavelmente, cortando uma cerca.

Na terça-feira (26), foram identificados os destroços de um Audi A6 que teria sido utilizado na fuga dos criminosos do museu e, posteriormente, incendiado.

A coleção de joias reais do museu Grünes Gewölbe é considerada a mais valiosa da Europa e está alojada no Palácio Real de Dresden, onde o príncipe de Dresden e rei Augusto II da Polônia (1670-1733) reuniu seus tesouros.

*Com EFE