Morre o escritor Rubem Fonseca, aos 94 anos

  • Por Jovem Pan
  • 15/04/2020 14h56 - Atualizado em 16/04/2020 08h08
Divulgação/Zeca FonsecaO escritor Rubem Fonseca morreu nesta quarta-feira (15)

Morreu nesta quarta-feira (15) o escritor Rubem Fonseca, no Rio de Janeiro, aos 94 anos. Ele estava internado em um hospital na zona sul da cidade após sofrer um infarto, segundo informações do colunista Lauro Jardim, de O Globo.

Considerado um dos maiores autores da literatura brasileira, Rubem Fonseca foi autor de clássicos como “Feliz Ano Novo”, “Agosto”, “O Caso Morel”, “O Selvagem da Ópera” e “O Seminarista”.

Fonseca nasceu em Juiz de Fora (MG) em 1925, mas morou no Rio de Janeiro desde a infância. Ele se formou em Direito e foi comissário de polícia nos anos 1950. Durante a ditadura militar, trabalhou no Instituto de Pesquisas e Estudos Sociais (IPES).

O escritor venceu seis Prêmios Jabuti, entre 1969 e 2014, e também o Prêmio Camões em 2003. A última obra de Rubem Fonseca foi “Carne Crua”, lançada em 2018.